Inovação

Campanha promove edição em massa na Wikipédia para incluir verbetes de mulheres, artistas e grupos feministas

por: Redação Hypeness

Patrocinado por:

Publicidade Anuncie

Muitas vezes a participação das mulheres em momentos importantes para a humanidade é esquecida nos registros históricos. Mesmo com a Internet e a era da informação ao alcance de um clique, a coisa se repete. Você sabia que somente cerca de 10% dos editores da Wikipédia são mulheres?

Isso leva a uma defasagem no número e na qualidade de artigos sobre grandes mulheres, entre artistas, cientistas e políticas, além do movimento feminista em si. Para mudar esse quadro, pelo terceiro ano consecutivo será realizado, pelo projeto Art+Feminism, o Edit-a-Thon (termo criado a partir da junção de Edit [edição] e Marathon [maratona]).

No dia 5 de março, milhares de participantes ao redor do planeta vão se unir em um mutirão para editar e adicionar artigos na Wikipédia. No ano passado foram mais de 1500 pessoas trabalhando para criar cerca de 400 novas entradas, além de melhorar outras 500.

Em 2014, o Think Olga organizou uma versão brasileira do evento, mas, como se pode observar no mapa abaixo, neste ano ainda não há nada programado por aqui. Será que dá tempo de as brasileiras se mobilizarem para tornar a Wikipédia um pouco mais igualitária em 2016?

1 Mapa do Edit-a-Thon 2016

 

calltoedit2016 Logo da campanha

 

editathon-olga2 Flyer da versão brasileira do Edit-a-Thon, em 2014

Imagens: divulgação

Publicidade Anuncie


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.


X
Próxima notícia Hypeness:
Esta é a Nera, a primeira motocicleta criada inteiramente com impressão 3D