Inovação

Ciência para todos: Site desafia leis e disponibiliza 48 milhões de estudos científicos de graça

por: Redação Hypeness

Pouco a pouco, a noção de que a internet tem um arquivo quase infinito de informações gratuitas vem sendo sobreposta por empresas que negociam em cima dos direitos autorais. Enquanto sites que disponibilizam material como filmes e músicas enfrentam a Justiça internacional, um movimento análogo acontece no campo dos estudos científicos.

O Sci-Hub, mantido pela neurocientista Alexandra Elbakyan, do Cazaquistão, é praticamente um Pirate Bay da ciência. No ar desde 2011, o site acessa pesquisas e documentos protegidos por editoras e torna os dados públicos. Isso é feito em parceria com cientistas anônimos que assinam os serviços e permitem que os “piratas do saber” utilizem suas contas.

1

É claro que esse movimento não sairia impune. A Corte de Nova York já determinou o fechamento do site, que simplesmente mudou de domínio (novamente uma semelhança com o Pirate Bay). Uma das maiores editoras científicas do mundo, a Elsevier está processando o Sci-Hub e pede até 150 milhões de dólares por artigo replicado.

Ainda assim, sua fundadora não recua. Elbakyan declara que o modelo de negócios dessas empresas vai ao encontro da Declaração Universal dos Direitos Humanos, que diz que “todos têm o direito de participar livremente na vida cultural da comunidade, tirar proveito das artes e dos avanços científicos e seus benefícios”.

No site, os administradores afirmam que “atualmente, a distribuição de pesquisas, que poderia ser maior do que nunca, é restringida por leis de direitos autorais, que diminuem muito a velocidade com que a ciência avança”.

Você concorda com essa visão?

giphy

tumblr_nvb07f0cRp1ro8ysbo1_500

Publicidade

Foto: Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Agora você pode criar a caixa de bombons Nestlé e Garoto dos seus sonhos