Arte

Exposição combate estereótipos relacionados ao corpo das mulheres negras

por: Redação Hypeness

Cansada de ver mulheres negras representadas em dois extremos, acima do peso e assexuadas ou hipersexualizadas, a curadora Janice Bond decidiu organizar uma exposição para abrir espaço para obras que questionassem esses estereótipos.

Um ponto levantado pela curadora é o paradoxo social de ter as negras como fetiche, ao mesmo tempo em que são consideradas indesejadas. As obras exploram conceitos como os padrões de beleza ocidentais, identidade cultural, exclusão histórica e traumas, com instalações multimídia, esculturas, filmes, fotografias e outros formatos.

O local escolhido para abrigar a exposição é a Woman Made Gallery, uma organização que tem como objetivo cultivar e promover o trabalho de mulheres artistas, além de levantar discussões sobre o que o feminismo significa hoje.

Após abrir as inscrições para o projeto, Janice escolheu uma a uma as obras que seriam exibidas. Segundo ela, há coisas que a atingiram de maneiras muito diferentes. “Algumas são mais viscerais, outras me deixaram triste, outras me fizeram rir, mas todas me fizeram pensar”. Basta ver as imagens para entender a curadora.

7

2

1

8

4 (2)

5

11

10

12

13

14

15

Imagens: Reprodução/Woman Made Gallery

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Comprando um notebook: a importância da consultoria e do suporte