Fotografia

Fotógrafa russa se surpreende com racismo no Brasil e decide captar a beleza de mulheres negras

19 • 02 • 2016 às 08:29
Atualizada em 19 • 10 • 2016 às 08:28
Redação Hypeness
Redação Hypeness Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Muita gente ainda acha que não existe racismo no Brasil. Se você faz parte deste time, é porque provavelmente não convive intimamente com nenhum negro. Porém, uma fotógrafa russa que vive no Brasil há oito anos decidiu mostrar ao mundo a hipocrisia dos brasileiros ao não falar sobre esse tema.

A fotógrafa Alyona Gamm conta que quando chegou aqui, em 2007, não percebia o racismo. Mas, à medida que passou mais tempo no país e começou a namorar um menino negro, percebeu o quão difícil era lidar com o preconceito. “Já ouvi conversa de família branca brasileira falando que não iam ficar felizes se a filha deles namorasse um negro. Perguntei a eles ‘o que vocês têm contra negros?’ Me responderam que nada contra, só preferem genro branco… Fiquei chocada naquele dia. Acho que foi o dia em que me dei conta que existe racismo no Brasil“, conta ela, em conversa com o Hypeness.

Alyona acrescenta ainda que já presenciou muitas cenas de racismo ao lado de seu namorado. “Quando ele era mais novo, na adolescência, foi barrado na farmácia, o segurança pensou que ele era assaltante…“, lembra. Mas foi quando soube da história dos cinco meninos negros que haviam sido assassinados pela polícia no Rio de Janeiro que decidiu que também poderia lutar contra o preconceito à sua maneira: usando a fotografia.

BrazilBlackBeauty1

Não demorou para que Alyona decidisse criar um ensaio para era exaltar a beleza da mulher negra e dos seus cabelos afros. “A maioria das mulheres negras no Brasil alisa o cabelo, porque cabelo negro é considerado ‘feio’. Alguém de repente vai pensar que isso é somente questão de beleza, mas eu acho que isso é mais sério – as negras negam sua identidade, sua beleza natural, seus cabelos afro, porque por algum motivo cabelo afro é considerado feio no Brasil“, diz ela, que também publica suas fotos através do Instagram.

Alyona sugere que uma das melhores maneiras de combater o preconceito é colocar a mão na consciência: será que você nunca teve algum pensamento racista? Nunca julgou alguém pela cor da pele ou pela aparência? Aceitar o problema e falar abertamente sobre o tema parece simples, mas são uma das formas que temos para desbancar de vez o preconceito em nossa sociedade.

As fotos abaixo são a maneira encontrada por ela de levantar o diálogo sobre o tema ao mostrar a beleza das mulheres negras. Vem ver:

BrazilBlackBeauty6

BrazilBlackBeauty8

BrazilBlackBeauty13

BrazilBlackBeauty14

BrazilBlackBeauty2

BrazilBlackBeauty3

BrazilBlackBeauty4

BrazilBlackBeauty5

BrazilBlackBeauty7

BrazilBlackBeauty9

BrazilBlackBeauty10

BrazilBlackBeauty11

BrazilBlackBeauty12

Alyona não quis deixar seu namorado de fora, olha só:

BrazilBlackBeauty15

BrazilBlackBeauty16

Todas as fotos © Alyona Gamm

Publicidade

Canais Especiais Hypeness