Fotografia

Série fotográfica mostra que hippies do século 21 não precisam de drogas; eles meditam e fazem yoga

por: Redação Hypeness

Publicidade Anuncie

Poucas pessoas podem dizer que entendem tanto da cultura hippie como Steve Schapiro, fotógrafo que, na década de 60, documentou o comportamento de vários deles, inclusive em Haight-Ashbury, bairro de São Francisco considerado o centro difusor do movimento.

Quase 50 anos depois, Steve e seu filho, Theophilus Donoghue, frequentaram vários festivais “neohippies” dos Estados Unidos para fotografar os adeptos de um estilo de vida que, concluiu Schapiro, se dedica menos às drogas psicodélicas e mais a atividades como meditação, alimentação orgânica e Yoga para atingir o mesmo objetivo: se conectar com seu verdadeiro ser.

Para produzir o livro Bliss: Transformational Festivals and the Neo-Hippie (Êxtase: Festivais Transformadores e os Neo-Hippies, em tradução livre), pai e filho passaram por festivais famosos, como Burning Man, Shasta Festival, e Rainbow Gathering.

A pressão da vida moderna parece levar a uma tendência de neohippies se agrupando para aflorar a espiritualidade. No Brasil, eventos como o Festival Holístico de Artes Cósmicas, os Festivais Dharma e FICA – Festival Internacional de Cultura Alternativa seguem a linha, assim como o Boom Festival, em Portugal.

Confira algumas fotos da jornada de Schapiro e Donoghue:

Hawaii.

Electric Forest, Michigan.

Hawaii.

Beloved, Oregon.

3

562e366c3387b

1

562e366d7724b

4

562e366cd04f9

Electric Forest, Michigan.

562e366b54458

Todas as fotos © Steve Schapiro

Publicidade Anuncie


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Sobrevivente de câncer fotografa mães que passam pelo mesmo processo que ela passou