Inspiração

A loja que vende ‘artigos de luxo para os protestos’ pode ajudar a mudar o Brasil de verdade

por: Redação Hypeness

Colher de madeira de 26 reais para bater na panela “Especial Barulho nível III” de 199,99; adesivo especial do bate-panelaço por R$16,99 e camisetas “Eu Faço a Diferença” em promoção, de 99 por 89… caramba, tem gente que aproveita qualquer coisa pra botar dinheiro no bolso, né?

Não nesse caso… a “Loja Oficial do Bate Panelaço”, que tem como slogan “Fora Dilma, Lula, PT e Petralhas! Faça a diferença você também!”, bombou na internet com esses itens absurdos à venda. Depois da incredulidade, ao clicar em Comprar algum dos itens, a ótima ideia é explicada.

Faça o teste e veja por você mesmo.

1

A página foi criada para promover campanhas de ação social que lutam, dia a dia, para ajudar a melhorar as vidas de quem mais precisa. “Bater panela não muda nada, mas você pode fazer diferença de verdade”, diz o site.

6

As instituições sugeridas para doação dos valores são a Fase, que atua nas frentes de Direito à Cidade, Justiça Ambiental, Mulheres e Soberania Alimentar, o Teto, que promove o desenvolvimento comunitário com soluções concretas para superar a pobreza, a Acorde, que aposta na educação complementar, levando atividades culturais a crianças da periferia, e a Doare, plataforma de doações para contribuir com causas de combate à desigualdade.

Em tempos malucos na política nacional, é sempre bom lembrar que não precisamos esperar a mudança vir de cima, e que podemos colocar as mãos na massa por um futuro melhor.

O site e seus produtos pitorescos:

2

5 4

3

E a ideia revelada:

7

Instituições indicadas para doação:

8

9

10

11

Todas as imagens: Reprodução

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
O cão ativista Negro Matapacos morreu há três anos, mas continua sendo lembrado no Chile