Roteiro Hypeness

Galeria Pet mistura arte, loja e padaria para cães e gatos em SP

por: Brunella Nunes

Desde os primórdios, o homem tem encontrado boa companhia ao lado de animais. Eles são carinhosos, leais, amigos e, mesmo errantes, fazem de tudo para nos agradar. Se isso não é amor, eu não sei o que é. Como forma de retribuir todo esse carinho – e também morder uma isca do mercado -, a Galeria Pet reúne num só espaço artes decorativas, loja e padaria para cães e gatos.

O local não poderia ser mais estratégico: na Rua Oscar Freire, em São Paulo, onde é comum ver os bichos passeando entre as badaladas lojas de grife. Apesar disso, uma boa notícia: os preços conseguem ser democráticos. Mesmo que o cliente não tenha grana pra comprar uma peça de decoração, pode levar para casa um pacote de biscoitinhos caseiros por R$ 12, por exemplo. Posso dizer que eu mesma não resisti e minhas filhas peludas amaram o presente (porque de bobinhas não têm nada, né)!

É interessante ver a alimentação natural para animais domésticos tomando espaço nas prateleiras. Até abordamos esse assunto numa matéria especial, feita ano passado. Dentro da loja está inserida uma franquia da Padaria Pet, que tem uma unidade também em Pinheiros e está conquistando novos endereços pela cidade. Nas geladeiras, sorvetes (R$ 4) e comida natural congelada; logo ao lado, vitrines – como se fossem baleiros – estão lotadas de courinhos, ossos e outros petiscos que fazem os olhos dos cães brilharem ainda mais.

with VSCO with c1 preset

E tem de tudo: biscoitos, cookies de vários sabores (beterraba, castanha do Pará, espinafre, etc), cerveja para cachorro (feita com caldo de carne e lúpulo), tortas, docinhos, cupcakes, bombom e até brigadeiro. São alimentos naturais de grau humano, ou seja, nós também podemos comer e provar à vontade”, contou Mari Castro, que além de ser dona da bulldog francesa Antônia (com direito a retrato na parede), é uma das sócias e blogueira do It Pet Blog.

A gente não tem o costume de provar a comida dos nossos bichos porque sabemos que os industrializados não são tão confiáveis assim. Mas é tão melhor saber o que seu cão ou gato vai comer, não é? Nas receitas, tudo é feito no local com ingredientes que não prejudicam a saúde dos pets, ou seja, não entram frituras, leite e derivados, chocolates, frutas cítricas, nozes, tomate, abacate, entre outros. Os corantes são a base de frutas, sem adição de metais.

A Mari também é responsável pelo lounge de 18 m² que serve para festas, palestras e cursos. Sim, os cães e gatos aniversariantes da era moderna fazem festinhas como qualquer humano que se preze, incluindo bolo, docinhos e decoração no pacote. “A demanda é cada vez maior. Acho que o que motiva os donos é devolver o amor que se recebe. No sábado (12/03) haverá uma festa filantrópica da ONG Adoptapet Br, que vende alguns produtos na loja, e todos estão convidados.

Nessa história toda, não pude deixar de questioná-la sobre a humanização dos animais. Embora este assunto seja para outra pauta, a Mari quer também que o espaço sirva para debates dedicados a não humanização, porque é sempre importante lembrar que cães e gatos são selvagens em suas essências, precisam ter uma vida de bicho e não de pessoa.

Quem concorda com a ideia é o artista plástico Fábio Polesi, responsável pela curadoria das peças decorativas do Pet Art Crew, grupo formado por ele e outros 12 artistas. Depois de trabalhar como tatuador por 12 anos, voltou a se dedicar a arte há três anos e não parou mais. O sucesso veio quando ele passou a fazer cachorros e gatos de cerâmica, pintados a mão. “Nunca me imaginei dentro desse mercado. A escultura foi a grande sacada. Ano passado, em três meses, tive um aumento de 400% nas vendas, disse ao Hypeness.

As peças da primeira galeria de Pet Art da América Latina tem preços variados, mas as esculturas do Polesi custam R$ 180. “Quero que todos tenham uma arte minha, se não for uma escultura, pode ser uma garrafa, um quadro, um shape…”. Ele customiza qualquer coisa e, é claro, atende também os pedidos dos clientes. As prateleiras e as paredes também exibem obras de Edson Ramos, Sid Lopes, Rodrigo dos Santos, Décio Ramires, Rosa Malta, e os grafiteiros Foquinha e Mari.

Dentro da loja também estão outros expositores, que vendem coleiras, produtos de higiene, camas, roupas, almofadas, bolsas, livros e o que mais você puder imaginar, tudo relacionado aos bichos que tanto amamos. Um dos produtos mais legais que achei é a ração desidratada para cães, recém-chegada ao Brasil. A comida natural vem concentrada no pacote e pode ser preparada com adição de água morna. O endereço também conta com um café para humanos, com mesinhas pra você e seu pet bater um papo.

Galeria Pet
Rua Oscar Freire, 502 – Jardins/São Paulo
Tel.: (11) 2838.0888
Horários: segunda a sexta, 8h às 20h; sábado, 9h às 19h; domingo, 9h30 às 18h30

todas as fotos © Brunella Nunes

Publicidade


Brunella Nunes
Jornalista por completo e absoluto amor a causa, Brunella vive em São Paulo, essa cidade louca que é palco de boa parte de suas histórias. Tem paixão e formação em artes, além de se interessar por ciência, tecnologia, sustentabilidade e outras cositas más. Escreve sobre inovação, cultura, viagem, comportamento e o que mais der na telha.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Fish and chips: lanchonete traz delicioso prato típico inglês para o Brasil