Inspiração

Homens leem cara a cara as ofensas recebidas por jornalistas esportivas: e mal conseguem terminar

por: Redação Hypeness

É difícil conter o constrangimento perante as ofensas a que as mulheres, e outros grupos historicamente discriminados, ainda têm que ouvir em pleno século 21. Mas é precisamente por isso que se fazem necessárias ações como essa que mostramos abaixo.

O podcast “Just Not Sports” decidiu fazer um experimento simples, mas poderoso: colocou frente a frente homens e mulheres que trabalham como jornalistas na área dos esportes, um espaço sempre associado ao sexo masculino. Mas, afinal, o que têm os jornalistas que não podem ter as jornalistas?

A ação foi chamada #MoreThanMean (“Mais do que Malvado”, em tradução livre) e veio mostrar como ainda temos um longo caminho a percorrer até que as mulheres sejam verdadeiramente aceitas. Desde flertes entre o básico e o ofensivo, xingamentos, palavrões, ameaças verbais e de agressão física, tudo vale.

Ao ler esses comentários em voz alta para as jornalistas, os homens são forçados a experimentar, às vezes pela primeira vez, o chocante assédio online que acontece com as mulheres nos esportes, dia sim, dia não.

O vídeo está em inglês, e ainda não tem tradução, mas a intolerância, e o constrangimento por que cada homem passa ao ler os comentários, estão presentes em cada expressão. O vídeo em menos de 3 dias já atingiu os 2 milhões de views.

SexualSport1

SexualSport2

SexualSport3

SexualSport4

Todas as imagens: Reprodução YouTube

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Vaquinha de bailarina filha de diarista consegue 5 vezes o valor da meta