Arte

O ‘Canibal Vegetariano’ que transforma suas anotações diárias em ilustrações poéticas e reflexivas

por: Vitor Paiva

Publicidade Anuncie

Para se sentir livre dentro de seu processo criativo, o escritor e artista gráfico baiano Gabriel Pardal gosta de fazer o que não sabe. Para ele, é justamente não ser um desenhista de formação que o levou ao desejo gráfico – não saber desenhar que o levou a desenhar. Foi assim que nasceu o projeto Canibal Vegetariano, no qual Gabriel transforma em ilustrações suas anotações diárias.

Tudo, no projeto, começa pelo texto, pela frase anotada à mão em um caderno, que Gabriel carrega consigo para qualquer lugar. Um dia Pardal percebeu o quanto uma frase em uma folha é também uma imagem gráfica – uma ilustração. Ao postar essa página, e perceber a boa impressão visual que ela causou, Gabriel decidiu arriscar outras técnicas: tintas, cores, rabiscos sobre as frases, até chegar a desenhos propriamente.

CANIBAL16

Os estímulos e assuntos podem vir de qualquer lugar, tanto do que o artista está sentindo, quanto de uma conversa com amigos ou de sua observação sobre um acontecimento público ou uma cena vista ou vivida. Radicado no Rio de Janeiro, a observação da cidade e suas particularidades é um prato cheio para seu traço.

As ilustrações podem ser somente uma frase, um detalhe sobre uma foto, ou um desenho elaborado.

CANIBAL3

O próprio nome do projeto aponta para um sentimento de inadequação diante da realidade, que move seu olhar. Dialogando com questões e temas atuais, através do humor, de frases reflexivas e poéticas, entre a realidade e a fantasia é que Pardal encontra a si mesmo em suas ilustrações.

Eu gosto de fazer o que eu não sei fazer, portanto, para a continuidade do trabalho, preciso estar sempre desaprendendo”, ele diz.

CANIBAL17

CANIBAL9

CANIBAL18

CANIBAL13

CANIBAL11

CANIBAL10

CANIBAL15

CANIBAL14

CANIBAL8

CANIBAL19

CANIBAL12

CANIBAL7

CANIBAL6

CANIBAL2

CANIBAL1

CANIBAL5

CANIBAL4

Você pode acompanhar o Canibal Vegetariano pelo Instagram ou pelo Facebook.

Todas as imagens © Canibal Vegetariano

Publicidade Anuncie


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Nego Bala driblou vida na Cracolândia para virar músico: ‘Faltou tudo, só não faltou amor’