Empreendedorismo

Marca japonesa de picolé sobe preço após 25 anos sem aumentos e grava pedido de desculpas para clientes

11 • 04 • 2016 às 09:05 Redação Hypeness
Redação Hypeness Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Acostumados que somos com a pouca ética, o abuso nos preços e a qualidade inversamente proporcional ao quanto pagamos por um produto ou serviço, nós brasileiros costumamos nos espantar com a seriedade prática e simbólica com que os japoneses lidam com a ética nas relações pessoais e econômicas. A honra é coisa séria no Japão, e aquilo que por aqui é visto como algo banal, como o aumento do preço de um picolé, por lá é tratado com solenidade, gravidade e importância.

O exemplo do picolé não é meramente ilustrativo. A marca Akagi Nyugyo foi recentemente a publico, através de um vídeo, se desculpar com seus consumidores por terem aumentado em R$ 0,34 o preço de seu picolé, que passaram a custar cerca de R$ 2,40. Os produtos da marca não aumentavam de preço desde 1991. O vídeo reúne o presidente da empresa, ao lado de outros funcionários e sócios.

[youtube_sc url=”https://www.youtube.com/watch?v=3rfU3zaoRz8″ width=”628″]

Apesar da grave crise econômica que o Japão enfrenta (e de não ser possível entender o que diz a canção cantada) o tom do vídeo é sério, melancólico e envergonhado.

SORVETE4

SORVETE3

O vídeo termina com todos os engravatados, inclusive o presidente da empresa, Inoue Sota, se curvando na direção dos consumidores, como num pedido de desculpas pelo aumento.

Inoue Sota, o presidente da empresa Inoue Sota, o presidente da empresa

A legenda no vídeo faz referência ao valor do aumento, de 60 para 70 ienes A legenda no vídeo faz referência ao valor do aumento, de 60 para 70 ienes

Se a moda pegasse por aqui, as diretorias das empresas e seus sócios não fariam mais outra coisa que não pedidos de desculpas públicos aos seus consumidores.

O picolé em questão O picolé em questão

Publicidade

Canais Especiais Hypeness