Inspiração

Projeto de lei propõe auxílio a quem deixa trabalho para cuidar de idoso, criança ou doente, nos EUA

por: Mari Dutra

Todo mundo conhece alguém que precisou largar o trabalho para cuidar dos filhos. Ou, quem sabe, para dar mais atenção a um idoso ou cuidar de perto de alguém que esteja doente na família. Um dos problemas dessa questão é que em 75% dos casos são as mulheres as responsáveis por estes cuidados, o que só serviria para agravar a desigualdade de gênero. Agora, um projeto de lei inovador nos Estados Unidos pode começar a mudar esta realidade.

Proposta pelo senador Chris Murphy, a lei ofereceria um crédito de previdência social às pessoas que deixam suas atividades remuneradas para cuidar de crianças, idosos ou pessoas doentes na família. A ideia visa diminuir as perdas em termos de contribuição sofridas por pessoas que deixam seus trabalhos para cuidar de um ente querido – geralmente, as mães da família.

Um dos aspectos importantes para se entender a proposta de lei é que, diferentemente do Brasil, não há licença-maternidade paga nos Estados Unidos. As mulheres até podem se ausentar do trabalho por 12 semanas, mas não recebem nada por isso, o que pode dificultar ainda mais o orçamento familiar na chegada da aposentadoria, além de aumentar a diferença salarial entre homens e mulheres.

1 (1)

Publicidade


Mari Dutra
Especialista em conteúdos digitais, Mariana vive na Espanha, de onde destila textos sobre turismo, sustentabilidade e outros mistérios da vida. Além de contribuir para o Hypeness desde 2014, também compartilha roteiros e reflexões mundo afora no blog e no Instagram do Quase Nômade.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Casal de Rondônia cria barraca sem atendimento e lucra apostando na honestidade