Sustentabilidade

Brasileira passa 30 dias comendo coisas do lixo contra o desperdício

por: Redação Hypeness

Você sabia que um terço dos alimentos produzidos vão parar no lixo? Mas será que não dava mesmo para comer aquela banana que parecia passada? E aquele tomatinho meio enrugado, não daria um bom molho para macarronada?

Essa dúvida acometeu a estudante Marilu após ser convidada por um amigo para buscar comida no lixo de um supermercado durante um intercâmbio. Foi o primeiro contato dela com Dumpster Diving – que, como ela mesma explica neste vídeo, é o ato de procurar coisas úteis no lixo. Desde então, a ideia ficou na cabeça da jovem, que acaba de lançar o projeto Virando Latas, em que se propôs a comer coisas encontradas no lixo durante 30 dias.

O desafio começou no dia 26 de abril e segue firme e forte. Além da comida retirada do lixo, ela também vai comprar itens básicos para preparação dos pratos no supermercado (arroz, macarrão, farinha, temperos, etc). A maior parte dos alimentos coletados são aqueles descartados por questões estéticas, apesar de serem aptos para consumo. Marilu está mostrando sua rotina através do Snapchat marilucp, para quem quiser acompanhar de pertinho tudo o que ela tem comido nestes dias.

Também é possível ver algumas aventuras dela “no lixo” e os pratos preparados com os alimentos que ela encontra através da página Virando Latas, no Facebook. Apesar disso, nem todo os alimentos que vão para o lixo são próprios para o consumo, lembra uma das publicações. Ou seja, é preciso bom senso na hora da escolha e, principalmente, na hora de jogar comida fora. 😉

Olha só algumas das comidas encontradas no lixo:

comida2

comida3

comida4

comida5

comida6

comida7

comida8

comida9

comida10

Todas as fotos: Reprodução Facebook

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Já passou da hora de revermos a pegada ambiental dos embrulhos de presente