Empreendedorismo

Como esta mulher com TOC conseguiu usar seu transtorno para criar uma profissão

09 • 05 • 2016 às 06:59
Atualizada em 10 • 10 • 2017 às 12:49
Redação Hypeness
Redação Hypeness Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

As grandes ideias geralmente saem de onde menos esperamos – e foi justamente o que aconteceu com a chinesa Deng Mei, de 24 anos. Diagnosticada com Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC), ela trabalhava como babá e costumava passar horas fora do expediente na casa dos clientes arrumando seus guarda-roupas sem ganhar nada a mais por isso. Essa era apenas uma das reações provocadas pelo transtorno e não havia nada que Deng pudesse fazer para evitá-la.

Um dia, um cliente perguntou por que ela não transformava sua paixão por arrumação em negócio. E Deng não poderia ter levado a pergunta mais a sério: hoje, ela é pioneira em oferecer o serviço de arrumação de guarda-roupas na cidade de Chengdu, na China. O negócio já conta com 100 clientes, a maioria deles composta de pessoas ricas que não têm paciência ou tempo para se dedicar à tarefa.

A jovem cobra 100 Yuan (cerca de R$ 55) para organizar um metro de closet e a maioria dos trabalhos são terminados em apenas 3 horas, embora alguns clientes demandem mais de um dia para conclusão da arrumação. No futuro, Deng planeja criar uma escola que ensine as pessoas a arrumar seus próprios guarda-roupas de forma meticulosa.

E aí, precisando de uma profissional assim? Sua guarda-roupas é um caos também?

deng1

deng2

deng3

deng5

Todas as fotos via Daily Mail

Publicidade

Canais Especiais Hypeness