Inspiração

#ElePodeNãoTeBater: mulheres mostram como a violência psicológica deixa danos profundos

por: Redação Hypeness

Todo mundo concorda que a violência contra a mulher é um assunto sério e merece ser discutido para que possamos diminuir o número de vítimas (não concorda? Então é melhor ir pra cá!). Mesmo assim, pode ser difícil reconhecer a violência quando ela não se manifesta na forma de uma agressão física. Sim, os relacionamentos abusivos não usam apenas os punhos, mas as palavras para podar a liberdade feminina.

Uma nova hashtag surgida no Twitter busca levantar o debate sobre o assunto. Ainda que a discussão esteja rolando apenas em inglês até agora, nós sabemos que o problema atravessa fronteiras e está presente na vida de mulheres ao redor do globo. A hashtag #MaybeHeDoesntHitYou foi proposta pela artista Zahira Kelly através da rede social. No dia 1º de maio, ela usou o recurso para denunciar algumas formas de violência psicológica vivida por ela e outras pessoas próximas em uma série de tweets.

twitter1

Ele pode não te bater. Ele só chega em casa furioso com o mundo & quebrado & começa a deixar você para baixo por ser uma parasita inútil que o deixou quebrado. 

twitter2

Ele pode não te bater. Ele só fica brabo se um só copo é deixado na mesa porque agora a casa está um chiqueiro e você faz dele um miserável, sua escória.

twitter3

Ele pode não te bater. Ele só te convence a deixar sua vida & desistir de ter autonomia sobre seu útero & então decide que você não é uma boa empregada doméstica, por isso ele te odeia.

twitter4

Ele pode não te bater. Ele só reclama da sua barriga depois que você teve filhos com ele & diz para você emagrecer antes que ele consiga uma menina de 15 anos mais bonita que você.

A ideia chamou a atenção as usuárias da rede social, que aproveitaram para compartilhar suas próprias experiências utilizando a hashtag. Separamos alguns relatos impactantes para mostrar que a violência psicológica pode até ser disfarçada, mas continua sendo um problema gravíssimo.

twitter6

#ElePodeNãoTeBater, mas descreve você como uma impossível ingrata demandante imperfeita vítima  do abuso DELE

twitter7

#ElePodeNãoTeBater mas faz você sentir que todas as suas roupas são feias ou “de puta” a não ser que ele as escolha por você

twitter8

#ElePodeNãoTeBater, mas você tem que pedir sua permissão antes de ir a qualquer lugar sem ele

twitter9

#ElePodeNãoTeBater – ele te engana, mente sobre isso, você estabelece fronteiras que ele recusa, então ele diz que você é um “obstáculo para sua felicidade”

twitter10

#ElePodeNãoTeBater, mas você ainda fica desconfortável por ter amigos homens… ou qualquer tipo de amigos

twitter11

#ElePodeNãoTeBater mas ele constantemente faz você escolher entre ele e sua família

twitter12

twitter13

#ElePodeNãoTeBater mas usa a religião e sua própria interpretação patriarcal da Bíblia para controlar você e tirar sua autoridade.

twitter15

#ElePodeNãoTeBater, mas você viu ele socar tantas paredes e destruir tantos objetos que se pergunta se será a próxima

O Brasil Post já até criou uma versão da hashtag para quem quiser comentar sobre o assunto em português nas redes sociais: #ElePodeNãoTeBater.

Fotos: Reprodução Twitter/ Destaque via

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Coronavírus: vereador doa 50% do salário para a compra de alimentos aos mais pobres