Criatividade

Marca de camisinha cria experimento social com casais para provar que a tecnologia atrapalha o sexo

por: Redação Hypeness

Se há alguém realmente interessado que nós, seres humanos, façamos mais sexo, e devidamente protegidos, são as empresas de camisinha. E se tem uma boa época para praticarmos esse nosso melhor hábito, são os feriados. O inimigo mortal da frequência sexual contemporânea: a tecnologia.

DUREX7

Basta um mínimo de atenção para perceber o quanto os smartphones e as tecnologias em geral afastam as pessoas – ainda que, contraditoriamente, grande parte dos usuários se isolam em seus telefones e computadores atrás de sexo. Foi pensando em todas essas questões que a fabricante de camisinhas Durex preparou um experimento social.

DUREX1

Seis casas foram convidados a uma praia paradisíaca para passarem um feriado. Metade deles, porém, foi privada de toda e qualquer tecnologia, enquanto a outra metade manteve seus smartphones e computadores.

O resultado, como mostra o vídeo, foi exatamente o esperado: enquanto os casais desconectados não só parecerem se reconectar um com o outro, se divertindo mais, conversando mais e, é claro, transando mais, os outros casais pareciam sequer estar ali – com os olhos vidrados em uma tela, digitando, aborrecidos e distantes,

DUREX5

DUREX3

A campanha oportunamente se chama #DoNotDisturb, ou Não Perturbe, e faz exatamente uma apologia de uma vida em que as pessoas se conectem mais entre si do que com seus aparelhos. A vida de fato é sempre mais impressionante vivida com todos os sentidos do que por uma tela – uma vida incrivelmente 3D, interativa, sensorial e nada virtual.

DUREX2

DUREX4

DUREX6

© fotos: reprodução

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Ele demonstra com humor como o coronavírus está afetando apps de relacionamento