Seleção Hypeness

10 casais que provam que o amor vence o ódio e o preconceito

por: Brunella Nunes

O amor triunfa sobre tudo. Pelo menos é assim que os apaixonados se posicionam e sobrevivem neste mundo tão caótico. Pensando em propagar bons exemplos neste Dia dos Namorados, resolvemos reunir algumas histórias de casais que superam tabus, preconceitos e demais obstáculos que a sociedade impõe, comprovando definitivamente a teoria máxima da vida: não há regras para o amor.

Quando você conhece alguém e se apaixona, quais são os seus limites? Essa questão é difícil de responder e não há espaço para julgamentos, afinal, cada caso é um caso. Mas, segundo os mais românticos, não deveria haver barreiras que rompam um sentimento e isso inclui uma porção de coisas das quais a raça humana está sujeita.

Seguindo essa premissa, algumas histórias que já mostramos aqui diversas vezes costumam sair do lugar-comum e nos inspiram a ter, a cada dia mais, fé e coragem no amor. Porque se nada nos salva da morte, pelo menos que o amor nos salve da vida (e viva o poeta Pablo Neruda, autor dessa bela frase). 

Se liga nestes exemplos que nos fazem manter as esperanças em alta:

1. Brie Grimes e Lindsey Creel

A festa de formatura é um evento e tanto no Estados Unidos, conforme a gente já viu em muitos filmes teens e tal. Acontece que na cidade de Tallahassee, na Flórida, o rumo da festa mudou quando duas garotas foram eleitas como “rei e rainha” do baile. Brie e Lindsey foram o primeiro casal homossexual a ganhar o título, e, é claro, lacraram a noite distribuindo glamour e amor. 

2. Katie Hill e Arin Andrews

Este é um caso raro de amor, mas que parece perfeito exatamente do jeito que está. Katie nasceu menino e se chamava Luke; Arin nasceu menina e se chamava Emerald, inclusive participava de concursos de beleza. O casal transgênero se conheceu num grupo de apoio aos trans, em Tulsa, Oklahoma, EUA. Arin conseguiu fazer a cirurgia de remoção de seios e posteriormente a de mudança de sexo, e Katie ganhou a cirurgia de um doador anônimo que pagou para ela fazer o procedimento cirúrgico.

3. Dennis e Linda Anfuso

Ele é gay, ela é lésbica e, independente da orientação sexual, são um casal. Juntos há 33 anos, a dupla se tornou melhores amigos durante a faculdade e o sentimento entre ambos era tão forte, que terminou em casamento. Companheiros, eles se mantêm unidos mesmo sem ter contato sexual. Linda é intersexual. (presença de genitália feminina e masculina) e foi diagnosticada com distrofia muscular há alguns anos.

E o que eles fazem para combater o problema? Se amam e se ajudam como se não houvesse amanhã.

4. Amy e Melissa Frary

Amar também é sinônimo de liberdade. Um exemplo de como é importante estar ao lado de alguém livre é o casal Melissa e Amy Frary. Melissa nasceu homem, chamado Gary, e se casou com Amy. Após quase 10 anos juntos, quis enfim assumir como uma  mulher transexual, sentimento este que foi guardado desde a adolescência.

Ele era o amor da minha vida e eu queria dar uma outra chance a nós”. Hoje eles continuam uma família feliz, só que agora são duas mamães e dois filhos.

5. Fernanda Fontenele e Felipe Costa

Cadeirantes também amam, sabia? O casal de brasileiros Fernanda e Felipe se conheceu durante um tratamento de reabilitação no EUA após ambos terem se envolvido em acidentes de carro. Eles se apaixonaram e fundaram um centro de recuperação neuromotora, além do canal  Fes sobre rodas no YouTube, que retrata os desafios e os momentos de prazer de duas pessoas com mobilidade reduzida.

fes sobre rodas

6. Miguel Martins e Diego Souza

Soldado da Brigada Militar do Rio Grande do Sul, Miguel tem um relacionamento com Diego e eles vão se casar. A boa notícia é que, pela primeira vez na história, haverá um casamento homoafetivo com uso da farda militar, o que era um sonho antigo de Miguel e, mais do que isso, um direito. A união será em dezembro deste ano.

Policiais militares também amam!

miguel e diego

7. Seu Juvenal e dona Edna

É, meu povo, 69 anos de puro amor definitivamente não é pra qualquer um e, mesmo que este caso não seja um tabu, não resistimos a esses dois. Logo após o episódio terrível que foi a Segunda Guerra Mundial, este casal brasileiro se conheceu e não se desgrudou mais. A fotógrafa Camila Lima presenteou os pombinhos com um belo ensaio fotógrafo após conhecê-los num culto de bodas de ouro. Haja amor e balões para celebrar esta união!

8. Brandon e Nicole Wylie

Quando postou uma foto no Facebook para celebrar seis anos de casamento, Brandon ficou espantado ao ver que a imagem viralizou em poucos minutos. Isso aconteceu porque Nicole tem vitiligo (o que, de maneira alguma, anula suas qualidades e sua beleza) e a internet se maravilhou com o casal, mostrando ao mundo uma coisa importante: o amor vai muito além da pele, meu bem.

brandon e nicole

9. Fernando Machado e Diane Rodriguez

O casal de transexuais é o primeiro do tipo a engravidar na América do Sul. Juntos há dois anos, Fernando e Diane, conhecida por lutar pelos direitos dos transexuais, se conheceram nas redes sociais e vivem no Equador. Segundo os próprios, eles vivem como homem e mulher trans, e agora vão aumentar a família, pois Fernando está a espera de um bebê, concebido naturalmente.

Fernando e Diane

10. Holland Taylor e Sarah Paulson

Lembra da Evelyn, mãe do personagem Charlie Harper da série Two and a Half Man? Então, a atriz é a Holland Taylor, que tem 73 anos e atualmente está namorando a também atriz Sarah Paulson, de 41 anos, da série American Horror Story. Apesar do relacionamento ser recente e da diferença de idade “chocar” a sociedade, elas parecem bem resolvidas e felizes. Em entrevista ao The New York Times, Sarah disse que está absolutamente apaixonada. 

Sarah e Holland

*Bônus: Ariel Goldenberg e Rita Pokk

Opa, peraí que a gente precisa abrir um espaço para incluir este par tão fofo! Parte do elenco do filme Colegas, Ariel e Rita estão juntos há 9 anos e ambos têm Síndrome de Down. Tal condição não impede que eles sejam casados, dividam um apartamento (junto com a mãe do Ariel) e trabalhem durante meio período. A dupla quer continuar atuando também. Acho que já poderiam levar um Oscar de casal lindo.

Colegas

Todas as fotos: Reprodução

faixa-selecao-hypeness

Publicidade


Brunella Nunes
Jornalista por completo e absoluto amor a causa, Brunella vive em São Paulo, essa cidade louca que é palco de boa parte de suas histórias. Tem paixão e formação em artes, além de se interessar por ciência, tecnologia, sustentabilidade e outras cositas más. Escreve sobre inovação, cultura, viagem, comportamento e o que mais der na telha.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Campanha quer tornar um diamante feito de cabelo e símbolo de luta no mais valioso do mundo