Inspiração

Elas foram filmadas por um garçom no banheiro de um bar carioca e ainda tiveram que ouvir críticas

por: Redação Hypeness

O absurdo de se culpar a vítima em casos de abuso ou machismo é algo muito mais corriqueiro do que pensamos, assim como os próprios abusos. Não é só em casos extremos que a mulher se vê responsabilizada por algo que ela própria sofreu. Que o diga um grupo de amigas que recentemente descobriram estarem sendo filmadas por um dos garçons dentro do banheiro do bar Tipicamente, na Zona Sul do Rio de Janeiro.

GARÇOM2

Assim que perceberam a invasão e anunciarem que chamariam a polícia, as amigas começaram a ser questionadas e pressionadas pelo próprio garçom, o gerente e até alguns clientes do bar sobre a gravidade não do que fez o funcionário, mas sim, pasmem, do gesto delas em denuncia-lo. Pediram que contassem o que estavam fazendo dentro do banheiro, quantas eram, e até mesmo uma mulher as acusou de estarem se masturbando nas cabines.

GARÇOM4

Todos foram para delegacia e, ao chegarem lá, novo sintoma: não havia uma mulher sequer para atende-las. Pelo vídeo exibir partes íntimas do corpo das mulheres envolvidas, era natural que fossem atendidas por uma funcionária da polícia. Simplesmente não havia uma.

GARÇOM3

O gesto do garçom é reconhecido pela lei como contravenção e importunação ofensiva ao pudor, passível de multa como punição. Já o gesto do gerente e dos clientes é simplesmente um exemplo claro do que se chama de cultura machista.

As imagens de banheiros nessa matéria são meramente ilustrativas © Fotos: divulgação

Fonte: El País

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Lélia Gonzalez: família lança acervo digital da obra e da trajetória da pensadora