Inovação

Engenheiro brasileiro defende uso de equações matemáticas para eliminar baldeações de ônibus

por: Redação Hypeness

Todos os dias, cerca de 9,5 milhões de passageiros circulam diariamente pelas mais de mil linhas de ônibus de São Paulo. Muitos deles ainda precisam fazer baldeações para chegar ao seu destino, o que aumenta o tempo gasto no trânsito. Há cinco anos, o engenheiro Renato Oliveira Arbex busca diminuir essa necessidade da troca de veículos, para otimizar o transporte público da capital paulista, com a ajuda da matemática.

A ideia surgiu quando ele estudava a graduação em engenharia civil na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e começou a prestar mais atenção aos assuntos relacionados à mobilidade urbana. Na época, ele pegava dois ônibus para chegar a faculdade, um dos quais era bastante lotado. Daí surgiu a ideia de otimizar o uso dos transportes públicos com a ajuda da matemática.

bus3

Já formado, ele apresentou a ideia para a prefeitura de São Paulo antes de começar a pesquisa e o governo forneceu todos os dados necessários para o estudo, embora não tenha realizado nenhuma parceria com o jovem, de 29 anos. Hoje, seu maior desafio é representar em uma equação a maneira como as pessoas escolhem seus trajetos. Para isso, pretende que, futuramente, os ônibus tenham uma comodidade semelhante à do metrô, fazendo com que os usuários se beneficiem de viagens mais curtas e as empresas gastem menos com a operação do sistema, usando uma frota reduzida.

Com dados de pontos de partida e chegada dos passageiros, o engenheiro utiliza um programa desenvolvido por ele para avaliar quais as melhores rotas para cada passageiro. Todas as rotas possíveis são combinadas até que um número de linhas seja capaz de atender todas as pessoas da melhor maneira, reduzindo tempo de viagem, baldeações e a quantidade de ônibus nas ruas.

bus1

Renato pretende que o projeto seja usado pela prefeitura e aplicado em outras cidades do mundo, caso seu resultado seja positivo. Apesar disso, a Secretaria Municipal de Transportes informou à BBC Brasil que não pretende implementar o estudo, por ter uma equipe própria para elaborar essa reestruturação e também porque o projeto ainda está em andamento, devendo ser finalizado nos próximos dois anos.

bus2

Todas as fotos: Divulgação

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Máscara ‘inteligente’ que se esteriliza sozinha é aposta criativa contra coronavírus