Inspiração

Facebook, Microsoft, Google e Twitter unem forças para barrar discurso de ódio na internet

por: Redação Hypeness

Conter e punir os discursos racistas, xenófobos, pedófilos e criminosos em geral na internet não é tarefa simples. A Comissão Europeia, desdobramento administrativo da União Europeia, conseguiu, no entanto, uma importante conquista nessa luta: a adesão do Facebook, Google, Twitter e da Microsoft para que um manual de conduta seja seguido contra a propagação de discursos de ódio nas plataformas dessas empresas.

ÓDIO2

O compromisso inclui a análise rápida de denúncias, não ultrapassando 24 horas e, havendo necessidade, a remoção ou o impedimento do acesso a essas postagens venais. São 28 os países membros da comunidade, e essas regras entrarão em vigor em todos eles.

ÓDIO4

O manual foi criado para que fosse possível levar para o virtual as medidas aplicadas no mundo real contra radicais religiosos, propagadas terroristas, discursos de preconceito ou ódio, antissemitismo ou propagandas antimuçulmanas, por exemplo.

ÓDIO3

“A Comissão e as companhias de tecnologia reconhecem que espalhar discursos ilegais de ódio não só afeta negativamente os grupos ou indivíduos a que se dirigem como também impacta negativamente aqueles que pedem por liberdade, tolerância, não discriminação em nossa sociedade aberta e tem um efeito de congelamento do discurso democrático nas plataformas online”, afirma o representante da União Europeia.

ÓDIO1

Segue abaixo os termos de conduta aceitos pelas empresas:

– Compromisso em rever toda notificação de publicações contendo discurso de ódio em suas plataformas; inclusão de dispositivos em suas regras de comunidade que proíbam claramente discursos de violência e a promoção do ódio;

– Avaliação sobre se os pedidos de remoção estão em desacordo com as políticas de uso de suas plataformas, e averiguação sobre publicações que potencialmente infrinjam alguma lei;

– Análise de solicitações de remoção de postagens ofensivas em menos de 24 horas;

– Criação de meios para informar seus usuários sobre assuntos proibidos, podendo enviar notificações para tal;

– Fornecimento de informação para que órgãos governamentais de estatística possam levantar dados sobre a disseminação do discurso de ódio, e sua posterior remoção do meio digital;

– Compromisso em parceria com a Comissão Europeia das empresas para identificação de usuários que construam narrativas contrárias ao discurso de ódio, e promoção dessas postagens a fim de ampliar seu alcance.

ÓDIO5

© imagens: divulgação

Recentemente o Hypeness mostrou uma campanha da Benetton contra a cultura do ódio. Relembre.

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Barry, o canário com penteado tigela que conquistou a internet