Inovação

Mulher que está há 4 meses em morte cerebral dá à luz um bebê saudável em Portugal

por: Redação Hypeness

Uma mulher grávida teve sua morte cerebral declarada no último dia 20 de fevereiro, em Portugal. Aos 37 anos, a paciente havia sofrido uma hemorragia intracerebral, seu cérebro foi dado como morto, mas suas funções corporais permaneceram funcionando, e foram mantidas artificialmente.

O espantoso agravante é que o bebê sobreviveu, e mais: ela deu à luz quatro meses depois.

LUZ3

A cesariana se deu sem complicações após uma gestação de oito meses, e o bebê passa bem, graças aos esforços médicos e a um tanto de sorte. Pois trata-se de um caso raro, um recorde não só em Portugal como no mundo. A manutenção das funções corporais da mãe mesmo após sua morte cerebral foi uma decisão familiar, em nome da salvação do bebê.

LUZ1

E a recompensa veio, com 2,350 kg, do sexo masculino, no Hospital de S. José, em Lisboa. Se a vida da mãe continua um pouco na vida dos filhos, esse caso se afirma como tal – comovente, forte e extraordinário.

Todas as fotos © Divulgação

Recentemente o Hypeness mostrou a história de superação de 4 mães brasileiras. Relembre.

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Startup cria patente para combinar psicodélicos e maconha em nome da ciência