Inspiração

Na contramão do pop, Liniker e os Caramelows criam campanha no Catarse para lançar álbum independente

por: Redação Hypeness


Liniker é diferente, é lacre puro! E seu primeiro álbum não poderia ser diferente. Nada de gravadoras. O muse e sua banda nos convidam a ajudar no projeto e como recompensa um agrado aos nosso ouvidos – todas as faixas para download. Mas corre que é só até amanhã!

A campanha na verdade vai até o dia 22 de julho, mas para você receber as músicas tem que correr, pois a promoção relâmpago dura só 48 horas! Entre as recompensas pelo financiamento coletivo estão: o disco Remonta, print da capa do CD, camiseta baphônica e pasmem: tem até show exclusivo para quem doar R$ 800. Mas calma que não precisa de tanto para participar! As contribuições começam a partir dos R$ 10 – R$ 30 com recompensa. E o pagamento pode ser feito através de boleto bancário ou cartão de crédito. Para ajudar, clique aqui.

Liniker e os Caramelows (banda tão maravilhosa quanto ele) contam que Remonta é um álbum que fala sobre as questões do coração. Tudo isso cheio de autonomia artística com gravação realizada no Red Bull Studios, que cedeu quatro semanas para gravações do disco. Por que será, né?!

Se você ainda não conhece – ou está se perguntando por que o financiamento coletivo de um músico virou pauta no Hypeness, faça um favor aos seus ouvidos e dê um play na música aqui embaixo:

Zero é só uma das faixas que nos conquistam de Liniker e os Caramelows. Juntos eles já lançaram um EP “CRU”, em outubro de 2015 – direto de Araraquara, cidade em que ele nasceu. Entre suas inspirações estão nada mais que Caetano, Gil, Gal, Etta James e musas como Beyonce e a imortal Nina Simone. Tudo envolvido por uma vibe soul/black music.

“Com arranjos que mostram uma guitarra funkeada, baixo e bateria swingados, os sopros sempre presentes, as músicas tem o intuito de fazer o corpo dançar e cantar junto, além de uma pitada única de brasilidade cheia de cor, e um groove transcendente e cheio de referência”, eles descrevem seu som. É de arrepiar de bom. A voz rouca combina com a melodia que é acompanhada por outras backing vocals lacradoras. Lacre, que aliás, é dado como benção nos show desses bonitos.

#Caramelows 💜💙💚💛

A post shared by Liniker 🎤🌟🌷🌟🌈 (@linikeroficial) on


E claro que a essa altura você já deve ter reparado que Liniker usa batom, saia e brinco. “Sou bicha, preta e pobre”, diz ele – ou ela. A escolha é do freguês. Ele mesmo já eliminou o artigo de sua vida. “Deixa eu bagunçar você”, já dizia ele. Seu discurso fala em desconstrução de gênero e empoderamento de minorias, sobretudo gays e negros. E não é só uma questão de roupa. É sobre desconstruir a ideia de que a gente precisa viver num padrão e seguir uma estética normativa. Ah, e ele tem só 20 anos.

Liniker, é maravilhoso. É inspiração. Obrigada por existir. S2 E borá ajudar e apoiar a Música Preta Brasileira!

liniker-gif

Fotos: Facebook e Instagram

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Com Xuxa na plateia, Gugu dança ‘Pintinho Amarelinho’ em último programa na TV