Sustentabilidade

Tem alguém por trás do estudo que defende o uso de transgênicos?

por: Redação Hypeness

Publicidade Anuncie

Duas semanas atrás, foi publicado um estudo (veja aqui) da Academia Nacional de Ciências dos Estados Unidos que concluiu que alimentos transgênicos são seguros para a saúde. Mas será que podemos confiar nele?

De acordo com a organização FWW (“Food & Water Watch”, algo como “Vigilantes da Comida e da Água”), não tanto. Um dia antes da divulgação da pesquisa, o grupo publicou um artigo questionando a credibilidade da Academia.

Sob influência: o Conselho Nacional de Pesquisas e os OGMs

Isso porque, segundo a FWW, grandes empresas do setor de biotecnologia mantêm relações estreitas com a Academia e alguns de seus membros, inclusive repassando dinheiro para bancar a instituição. Monsanto, DuPont e Dow teriam doado de 1 a 5 milhões de dólares cada. E, como a Academia não é obrigada a revelar suas fontes financeiras, os valores podem ser maiores.

Ativistas da FWW pedem alertas sobre OGMs nos rótulos

Há outros conflitos de interesse. Representantes de Cargill, Nestlé Purina, Monsanto, DuPont e outras empresas do setor participaram dos comitês da Academia que investiga os transgênicos. A FWW afirma ainda que os especialistas favoráveis aos produtos são mais destacados que os contrários, e que os acadêmicos utilizam resultados de pesquisas promovidas pela indústria da biotecnologia para embasar seus relatórios.

E agora, em quem confiar?

Ativistas da FWW protestando

WEB_MediaUpload-RPT-GE101

Imagens: Reprodução/FWW

Leia mais sobre o assunto aqui.

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Conheça o homem que cuida dos dois últimos rinocerontes brancos do norte da Terra