Inspiração

Campanha da Dove critica machismo e objetificação das atletas mulheres pela mídia

por: Redação Hypeness

A desigualdade de gêneros pode ser vista em qualquer área profissional, e no esporte não seria diferente. Tal diferença não se dá somente nos salários, por exemplo, mas também no própria maneira com que a imprensa retrata os atletas, suas qualidades e feitos. Enquanto os homens são exclusivamente comentados e comemorados pelas suas realizações esportivas, as atletas mulheres são constantemente noticiadas por seus atributos físicos.

A marca Dove resolveu, diante disso, criar uma campanha a fim de expor esse forte traço machista no trato jornalístico e mesmo no meio esportivo, e convidar os profissionais ao que deveria ser básico: focar as matérias nas qualidades e realizações esportivas das mulheres, e não em seus corpos.

Dove1

O vídeo mostra alguns comentários reais, retirados de publicações e sites, a respeito de atletas. “Mamilos enormes”, diz um dos comentários destacados sobre certa atleta; “bunda de qualidade”, diz outro. A chamada da campanha aponta o descaso e o destrato sobre tais atletas quando desses comportamentos: “Cara mídia, quando você foca na aparência de uma atleta, você simplesmente não a vê”.

Dove3

A campanha não se resume, porém, a um vídeo. Há também um hotsite, mostrando o impacto das mais de 25 milhões de mensagens desse tipo, segundo a marca, a que o público foi exposto somente neste ano. No hotsite é possível enviar diretamente uma mensagem ao veículo responsável pela publicação de cada mensagem sexista. Além disso, um outdoor da Dove na Times Square, em Nova Iorque, está transmitindo tais comentários publicados na mídia.

© fotos: reprodução

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Nova Zelândia (outra vez) mostra criatividade para falar aos jovens sobre pornô