Inspiração

Globo exibe (enfim) a primeira cena de sexo entre dois homens da TV brasileira

por: Redação Hypeness

E eis que o mundo não acabou depois que a Rede Globo exibiu pela primeira vez uma cena de sexo entre dois homens, na última terça-feira. Depois de décadas dialogando exclusivamente com o que a própria emissora dizia ser a posição conservadora de seu público (lê-se patrocinadores), aparentemente o jogo começou a virar e, com a lentidão que lhe é peculiar, enfim a Globo começa a se interessar pela vida real.

A novela Liberdade, Liberdade então mostrou uma cena de sexo entre os personagens interpretados por Ricardo Pereira e Caio Blat.

 GGay2

A mesma suposta celeuma ocorreu quando da exibição do primeiro beijo gay, dois anos atrás, entre os atores Matheus Solano e Thiago Fragoso. Em ambos os casos, curiosamente a reação do público, depois de décadas de manutenção da “polêmica”, parece ter sido majoritariamente positiva, o que nos leva a pensar até que ponto o próprio tabu – que obviamente eleva a audiência de qualquer programa de TV – não é uma perigosa construção comercial, mas que acarreta em efeitos muito mais graves do que lucro ou eventuais comentários na internet.

GGay4

O fato é que, para além de uma mera fábrica de sonhos ou uma produtora de entretenimento, a televisão, especialmente no Brasil, é também uma fábrica de discursos, de posicionamentos políticos e sociais, e por isso um canal de TV necessariamente possui sim enorme responsabilidade – ainda mais lembrando se tratar de uma concessão pública.

 GGay3

Assim, é uma boa notícia que tal realidade se torne cada vez mais corriqueira dentro da TV, mesmo que a intenção seja também comercial. As conquistas da luta LGBT vão aparecendo, e não segregar ninguém do que se entende como um retrato da realidade nem fomentar tabus que ajudam a ferir e estigmatizar pessoas por sua orientação sexual, cor ou gênero é justamente parte dessa responsabilidade.

GGay1

A cena, mesmo que rápida, foi bonita e bem realizada, tratando o amor com a devida força e naturalidade, e merece sim ser comemorada. Aparentemente a família brasileira segue muito bem, obrigado. Ela só não é unicamente formada por um homem e uma mulher, como jamais foi. Ainda bem.

© fotos: reprodução/TV Globo

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Campeã de motocross de 14 anos paga escola para crianças carentes do Zimbábue