Inspiração

Luiza Brunet diz ter sido espancada por ex-companheiro e decide não se calar

por: Redação Hypeness

A violência contra a mulher não tem idade, endereço ou classe social. A denúncia da vez partiu da atriz e ex-modelo Luiza Brunet, que contou ao jornal O Globo desta sexta ter sido espancada pelo ex-companheiro Lírio Albino Parisotto, um dos novos donos da RBS de Santa Catarina.

O episódio de horror ocorreu no dia 21 de maio, em Nova York. Segundo o relato de Luiza, o casal, que estava na cidade para o evento “Homem do Ano”, jantava em um restaurante com amigos quando Parisotto começou a se exaltar. Disse que não iria a uma exposição de fotos porque da última vez fora confundido com o ex de Luiza. A partir daí, se descontrolou, para constrangimento dos presentes.

Lírio Parisotto e Luiza Brunet
Imagem: André Ligeiro

Luiza conta que a situação degringolou quando voltaram ao apartamento no Plaza Residence. Primeiro, o empresário passou a ofendê-la verbalmente. Na sequência, desferiu um soco em seu olho e passou a agredí-la com uma série de chutes. A atriz foi então imobilizada no sofá até ter quatro costelas quebradas. Desesperada, conseguiu trancar-se no quarto e só saiu dali, direto para o Brasil, quando teve certeza que Parisotto não estava mais presente. Era o fim de uma relação de cinco anos.

“Eu sempre tive uma família estruturada e sempre fui discreta em minha vida pessoal. É doloroso aos 54 anos ter que me expor dessa maneira. Mas eu criei coragem, perdi o medo e a vergonha por causa da situação que nós, mulheres, vivemos no Brasil. É um desrespeito em relação à gente. O que mais nos inibe é a vergonha. Há mulheres com necessidade de ficar ao lado do agressor por questões econômicas, porque está acostumada ou mesmo por achar que a relação vai melhorar”, declarou Luiza ao Blog do Ancelmo.

luiza3
A atriz Luiza Brunet (Imagem: Folhapress)

Com um patrimônio estimado em mais de um bilhão de dólares, Parisotto é um dos donos da RBS de Santa Catarina desde março. Nós esperamos que a grana e o poder do agressor não o livrem de pagar pelos crimes cometidos. A queixa de Luiza Brunet, anexada a um laudo de corpo de delito do IML, está nas mãos do Ministério Público de São Paulo.

luiza2
O empresário Lirio Parisotto (Imagem: Forbes)

luiza4
Força, Luiza! (Imagem: Folhapress)

ATUALIZAÇÃO: Em nota, Lírio Albino Parisotto, de 62 anos, comentou o caso:

“Venho a público lamentar que versões distorcidas sobre um episódio ocorrido na intimidade estejam sendo divulgadas como única expressão da verdade. Embora compreenda a natural repercussão do caso pelas pessoas envolvidas, tenho a convicção de que no momento e nas esferas legais apropriadas todas as circunstâncias serão plenamente esclarecidas”.

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
No caos da Paulista gentileza de motoqueiro salva pai do desespero e leva motoristas às lágrimas