Inspiração

Menina de 7 anos que não se sentia representada escreve livro para provar que negras também podem ser princesas

por: Redação Hypeness

Publicidade Anuncie

O pai norte-americano Todd Taylor sempre chamou a filha de “princesa” até o dia em que ela disse que ele não poderia mais chamá-la assim, pois “princesas reais são brancas e eu não poderei ser uma um dia”, contou o pai em entrevista ao jornal Today.

Depois do episódio, o pai se empenhou na pesquisa e encontrou uma série de líderes negras das quais eles se inspiraram a ponto de criar um livro. “Daddy’s Little Princess” (a princesinha do papai, em tradução livre) é o livro escrito em quatro mãos por Morgan Taylor, de 7 anos, e o pai Todd.

dadme

Na descrição do site do projeto, Morgan diz que escreveu o livro porque queria que outras meninas a acreditassem que elas também poderiam ser princesas, independentemente da raça.

O livro já está à venda por U$ 9,99, apenas em inglês. E se você quiser começar a sua pesquisa sobre mulheres negras brasileiras, este vídeo aqui também pode te ajudar a começar a colocar a mão na massa com o depoimento de uma das maiores jornalistas brasileiras para a ONU Mulheres:

Aproveite e compartilhe com a gente! Quem é a sua maior inspiração negra?

541de4_769b312ba5484a0fa0f20ed351825dcc

541de4_f58f0635b47b4ef6a6fad6cb67e781c1

PrincesaNegra1

Screen-Shot-2016-07-25-at-19.29.21

Todas as fotos: Divulgação

Publicidade Anuncie


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Band terá reality show de jornalistas com apresentação de Ana Paula Padrão; Boechat seria jurado