Arte

Vídeo ácido satiriza estereótipos de personagens femininas no cinema

por: Redação Hypeness

Lola era a companhia perfeita para o mocinho sensível com alguns problemas emocionais. Bonita, bem vestida e com cara de fofinha, eles passaram um bom tempo juntos até Don perceber que já não precisava de uma companheira para colocar os sentimentos no lugar. Então ela se tornou mais uma personagem-acessório de Hollywood.

Screen Shot 07-11-16 at 07.49 PM

O canal Nuclear Family transformou Lola em protagonista de Underwritten Female Character (“Personagem Feminina Pouco Desenvolvida”, em tradução livre). Após o término, ela é sequestrada pelo time das UFC, outros estereótipos conhecidos do cinema.

Mamãe-Urso, a atriz que foi esquecida pela indústria após completar 36 anos, Atrevidinha, a negra gorda que serve como alívio cômico e preenche a cota de minorias, Colírio, a personagem de roupas curtas que chama atenção pelas curvas revelam que Lola é A Garota Ideal Doida e Alternativa, aquela mulher ideal para fazer par com o protagonista masculino.

Screen Shot 07-11-16 at 07.50 PM 002

O vídeo satiriza a dificuldade de encontrar papéis femininos que sejam relevantes por si só, e não como complemento de um homem no cinema. A sátira cita o Teste de Bechdel, mecanismo utilizado para avaliar a participação das personagens femininas nos filmes: eles só são aprovados se duas mulheres conversarem entre si sobre algum assunto que não seja homens – e cerca de metade dos longas testados reprova.

Screen Shot 07-11-16 at 07.50 PM 001

Vale a pena ver o vídeo: o original está aqui, e abaixo a versão com legendas em português.

Todas as imagens: Reprodução

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
‘Música em Casa’: festival reúne dezenas de artistas virtualmente