Inspiração

Vídeo feito por pacientes de hospital curitibano vai te fazer pensar duas vezes antes de reclamar da vida

Redação Hypeness - 19/07/2016

Há 4 anos, durante uma viagem aos Estados Unidos, Hermes Ribeiro, cujo irmão é médico no Hospital Nossa Senhora das Graças, em Curitiba, conheceu o vídeo do Seattle Children Hospital, onde pacientes cantam a música Stronger, da cantora Kelly Clarckson.

Voltando ao Brasil, Hermes levou o projeto para seu irmão, que por sua vez o apresentou ao hospital. A ideia de uma versão brasileira agradou a todos, e mobilizou funcionários, pacientes e voluntários. O tema escolhido para o primeiro vídeo foi a doação de medula óssea, e a versão brasileira foi um sucesso, tendo alcançado quase 1 milhão de visualizações.

[youtube_sc url=”https://www.youtube.com/watch?v=mYsoArV66Gk”]

Desde então, o projeto acontece anualmente e, para cada vídeo, um tema é escolhido. Em 2013, o foco foi histórias de superação e, em 2014, a doação de sangue. Para este ano, pacientes e ex-pacientes se reuniram novamente, desta vez com o intuito de mostrar para as pessoas que elas andam reclamando demais da vida. A ideia do vídeo, paródia de BláBláBlá da Anitta, é sugerir uma maneira diferente de ver o mundo, tentando enxergar sempre o lado bom das coisas.

Captura de Tela 2016-07-18 às 20.31.21

Captura de Tela 2016-07-18 às 20.38.52

Captura de Tela 2016-07-18 às 20.32.21

Captura de Tela 2016-07-18 às 20.38.08

Escrita pelos próprios funcionários do hospital com base nos relatos que ouvem diariamente dos pacientes, a canção foi gravada pela cantora e youtuber curitibana Sofia Oliveira, e conta com frases de incentivo como “Não reclama não”, “ Para de se cobrar, cai na real”, “Seja animado assim”, “Se liga você é especial” e “Vale a pena viver”.

Captura de Tela 2016-07-18 às 20.37.27

Captura de Tela 2016-07-18 às 20.31.51

Captura de Tela 2016-07-18 às 20.39.33

Captura de Tela 2016-07-18 às 20.40.29

Segundo José Roberto Palcoski, psicólogo do hospital, este tipo de atitude ajuda não só a motivar quem o assiste, mas colabora também para a cura e enfrentamento da doença pelos pacientes e familiares. O tratamento é formado pelo tripé família, equipe médica e autoconfiança. Se algum deles vai mal, o paciente vai mal”, explicou.

Imagens © Reprodução Youtube

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Warning: file_put_contents(/var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/cache/twitter-stream-hypeness.txt): failed to open stream: Permission denied in /var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/social.php on line 410


X
Próxima notícia Hypeness:
Jovem negra que recebeu ‘Pulitzer’ foi fudamental para condenar policial assassino de George Floyd