Inspiração

Arte, poesia, lacração e zoeira! Veja os destaques da cerimônia de abertura da Olimpíada do Rio

por: Tuka Pereira

Na noite desta sexta-feira (5) aconteceu a abertura oficial dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro no estádio do Maracanã. Esta foi a primeira edição do evento na América do Sul. Além da expectativa de sediar o mais importante evento esportivo do mundo, os brasileiros tinham uma preocupação extra: todo mundo estava com receio de que a cerimônia repetisse o mico da abertura da Copa do Mundo de 2014.

Para a alegria geral da nação, a festa foi linda e cheia de destaques, surpresas e emoções. Listamos abaixo os momentos mais importantes (ou inusitados). Confira!

1 – Paulinho da Viola cantou o hino do Brasil

1470438769834357

O cantor e compositor Paulinho da Viola cantou o Hino Nacional acompanhado por uma orquestra de cordas. O artista emocionou o público com a delicadeza da performance que foi apresentada em um palco inspirado nas formas do arquiteto Oscar Niemeyer.

2 – Gisele Bündchen desfilou na maior passarela de sua carreira

60325854_Model-Gisele-Bundchen-walks-on-stage-as-27The-Girl-from-Ipanema27-during-the-opening-ceremony

Gisele Bündchen desfilou no Maracanã em uma passarela de 128 metros ao som da clássica Garota de Ipanema. A música de Tom Jobim foi interpretada por seu neto, Daniel Jobim. Por onde Gisele passava, apareciam projeções que formavam obras de Niemeyer, como a Igreja da Pampulha e a Catedral de Brasília.

3 – Elza Soares, Karol Conka, McSofia e Ludmilla exaltaram a força da mulher negra

conka

No auge de seus 79 anos, Elza Soares interpretou a linda “Canto de Ossanha”, de Baden Powell e Vinicius de Moraes, levando a plateia ao delírio. Ludmilla puxou o “Rap da Felicidade”, um hino das favelas cariocas, convidando uma série de artistas para rápidas apresentações. Já as rappers MC Soffia, de apenas 12 anos, e Karol Conka (foto acima), cantaram juntas a música “Toquem os Tambores” com versos sobre empoderamento feminino e contra o racismo.

4 – O 14 Bis voou na cerimônia e irritou os americanos

14-bis-nas-Olimpiadas

A invenção do avião foi inserida na cerimônia de abertura dos Jogos com a aparição do 14 Bis, de Santos Dumont. O fato irritou os americanos que lotaram as redes sociais de comentários afirmando que os verdadeiros inventores teriam sido os irmãos Wilbur e Orville Wright.

5 – Jorge Ben Jor fez todo mundo cantar e dançar

jorge_ben

O cantor foi uma das grandes atrações com o sucesso País Tropical. Acompanhado por mais de mil bailarinos do baile charme de Madureira, o artista fez o público cantar em uníssono os versos de uma das músicas mais tradicionais no país.

6 – Mini sambista encantou e arrasou ao lado de Wilson das Neves

sambista-mirim

Se teve um momento “oooown” durante a abertura dos Jogos Olímpicos, foi protagonizado pelo pequeno Thawan Lucas da Trindade, de apenas 8 anos. A criança roubou a cena quando surgiu sambando ao lado de Wilson das Neves. A fofura foi escolhida para participar da cerimônia através de um concurso realizado pelo Comitê Olímpico.

7 – Bicicletas acompanharam as delegações

ciclistas

Voluntários pedalaram bicicletas enfeitadas para apresentar as 207 delegações olímpicas. Irreverentes e extremante felizes, alguns dos ciclistas chamaram quase tanta atenção quanto os atletas e fizeram sucesso nas redes sociais.

8 – Modelo transexual Lea T fez história

lea_

À frente da delegação brasileira estava a modelo transexual Lea T. Ela foi a primeira transexual convidada para ter um papel de destaque nos Jogos Olímpicos desde a primeira edição do evento. Filha do ex-jogador de futebol Toninho Cerezo, a modelo de 35 anos é um ícone pela luta dos direitos LGBT no Brasil.

9 – Time de refugiados foi ovacionado

refugiados

Pela primeira vez, os Jogos Olímpicos têm uma delegação formada por atletas refugiados. O grupo arrancou aplausos ao entrar no Maracanã pouco antes da delegação brasileira. Entre os atletas estava a nadadora Yusra Mardini de 18 anos. A jovem (com ajuda de outras duas mulheres) foi responsável por salvar um barco com 19 passageiros numa perigosa travessia entre a Turquia e a Grécia. Ela nadou durante três horas e meia até o barco atravessar o Mediterrâneo.

10 – Atletas plantaram árvores

sementes

Na entrada do estádio do Maracanã, cada um dos 10,5 mil atletas recebeu a semente de uma árvore e foi convidado a plantá-la em um tubo com terra. Foram 207 espécies nativas do Brasil, cada uma delas representando uma delegação. As mudas serão plantadas no Parque Radical, uma das áreas de competição, criando a Floresta dos Atletas.

11 – Fernanda Montenegro e Judi Dench declamaram poema

verde_

As atrizes Fernanda Montenegro e Judi Dench recitaram a poesia “A Flor e a Náusea“, de Carlos Drummond de Andrade. A poesia fala sobre uma flor que nasce no meio do tráfego, e do caos urbano. Embora apenas as vozes das artistas tenham sido reproduzidas no estádio, este momento foi bastante celebrado no evento. O poema propos uma reflexão sobre a degradação do meio ambiente enquanto uma criança passeava por um campo árido, ambiente criado a partir de projeções de imagens na arena.

12 – Público vaiou Michel Temer

O presidente em exercício, Michel Temer, teve uma participação bastante discreta durante a cerimônia. Com medo de ser rechaçado pelo público, houve quebra de protocolo e seu nome não foi anunciado juntamente com outras autoridades como o presidente do COI (Comitê Olímpico Internacional), Thomas Bach. Na parte final da cerimônia, sob muitas vaias, Temer assumiu o microfone e rapidamente declarou abertos oficialmente os jogos.

13 – Caetano, Gilberto Gil e Anitta arrasaram juntos

anitta-caetano-gilberto-gil-rio-2016

Quando a participação de Anitta foi anunciada na abertura dos Jogos muita gente odiou a ideia e inúmeras críticas foram publicadas na internet. No entanto, ontem a artista pôde comprovar que sabe fazer bonito. Ao lado de Caetano Veloso e Gilberto Gil, ela cantou a música Isto Aqui o Que é, de Ary Barroso, e Sandália de Prata, de João Gilberto.

14 – Vanderlei Cordeiro de Lima acendeu a pira e emocionou todo mundo

Pira Olímpica

Em 2004 o atleta Vanderlei Cordeiro de Lima liderava a maratona da Olimpíada de Atenas quando foi agarrado por um ex-padre irlandês e perdeu a chance de ganhar o ouro na competição. Depois de 12 anos, o atleta lavou a alma ganhando o papel de maior destaque da abertura dos Jogos em território brasileiro. Após a tocha ser revezada nas mãos Gustavo Kuerten e Hortência, Vanderlei teve a missão de acender a pira da competição que permanecerá brilhando até o final do evento esportivo.

15 – Os memes e a zoeira invadiram as redes sociais

Brasileiro que é brasileiro é medalha de ouro na zoeira e sediar a Olimpíada permite criar muitas coisas hilárias para compartilhar nas redes sociais. Veja alguns dos mais divertidos memes que circularam sobre a abertura dos jogos.

bicicleta-milton-bailarino222

meme35

 

meme29

01_meme

02meme

03meme

dilma-oriental

ciclistas

1d91769e-7500-476f-a9f1-f3d4cd53f78c

04meme

05meme

06meme

07meme

Todas as imagens: Reprodução

*O Canal Olímpico Hypeness foi criado para todos aqueles que são adeptos da transformação, da superação e da inclusão. Para os que viram a história sendo escrita a cada nova medalha e para os que esperam por ela. Neste canal o Hypeness vai contar histórias inspiradoras e atletas que fazem a diferença. E você vai perceber que, muito para lá do esporte, este é um evento de celebração da vida.

Publicidade


Tuka Pereira
Jornalista há mais de uma década e 'escrevinhadora' há muito mais tempo, Tuka Pereira aborda feminismo a gatinhos fofos com a mesma empolgação. Se existe algo que gosta mais do que escrever é carimbar o passaporte. Já esteve em boa parte do mundo e todo dinheiro que ganha gasta em viagens.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
As pessoas estão reunindo provas de que Tom Hanks é o cara mais legal de Hollywood