Estilo

Dentro da Vila Olímpica o esporte mais praticado é o mais antigo: sexo

por: Redação Hypeness

Publicidade Anuncie

Aparentemente, o principal aquecimento para as grandes disputas olímpicas não treinamentos físicos ou preparações mentais, mas sim o mais mundano (e melhor) dos exercícios físicos: o sexo. Conforme revelou matéria da Superinteressante, é tradição nas vilas olímpicas o clima de absoluta paquera e a livre pegação entre atletas durante os jogos. Principalmente ao fim das Olimpíadas – quando a maioria dos presentes já fez sua parte como atleta – a vila se tranforma em uma festa sem fim.

Máquina de camisinha da vila olímpica, no Rio Máquina de camisinha da vila olímpica, no Rio

Não por acaso, o comitê olímpico distribuirá 450 mil camisinhas ao longo dos jogos – o que, em cálculo, permite que cada atleta pratique impressionantes seis relações sexuais por dia (e se esse é o cálculo do Comitê, há de haver bastante verdade nesses números).

Sexolimpic8

São diversas as histórias de “festas” intermináveis entre atletas, muitos deles bastante conhecidos (o jamaicano Usain Bolt é famoso por outros recordes batidos); em Sidney, no ano 2000, as 70 mil camisinhas oferecidas esgotaram, e mais 20 mil tiveram de ser encomendadas; em Londres, em 2012, o aplicativo Grindr saiu do ar, tamanho foi o excesso de acessos.

Muller Anniversary Games - IAAF Diamond League 2016: Day One

A explicação para tanta disposição não está somente no encontro de tantos corpos trabalhados enclausurados num mesmo local sob intensa pressão – está também na própria natureza mental e física dos atletas.

NUP_171784_0202.jpg

O consumo de calorias, logo, de energia, por parte dos atletas é literalmente sobre humano (em muitos casos, alcançando 15 mil calorias por dia, o que, segundo consta, seria consumido em uma semana por um ser humano “normal”). Seus corpos, portanto, consomem e armazenam energia de tal forma que tudo é estímulo – e disposição.

Sexolimpic6

Sexolimpic9

Outro elemento que serve como um Viagra em tais locais de concentração é a própria intensidade e a capacidade de superação mental que os atletas possuem. Tudo, para um atleta, é extremo, no que diz respeito ao seu corpo.

Sexolimpic2

Soma-se isso a tal energia armazenada, a excitação do contexto e da disputa, o clima de alta tensão e, é claro, a quantidade rara de belos corpos desfilando em uniformes sugestivos, e o que se tem é o cenário perfeito para um verdadeiro bacanal – o que, pelo visto, faz um bem danado para as performances esportivas.

Sexolimpic1

© fotos: divulgação

Recentemente o Hypeness mostrou 10 atletas LGBT que prometem arrasar nas Olimpíadas do Rio. Relembre.

Publicidade Anuncie


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Sacolé caseiro: a maneira mais prática de de trocar a cerveja por drinks no Carnaval