Debate

Ela encontrou uma forma simples de explicar consentimento para quem ainda não entendeu

por: Redação Hypeness

É incrível como nos dias de hoje ainda tem muita gente que não entende que não quer dizer não. E qualquer envolvimento sexual que ultrapasse a barreira do consentimento, é estupro sim senhor. A norte-americana Nafisa Ahmed, de 22 anos, resolveu explicar, de uma maneira inusitada mas bastante simples, isso.

Nafisa usou seu Twitter para fazer uma analogia entre dinheiro e estupro, para deixar bem claro que quando alguém fala não, está realmente falando isso. Eu não entendo como o estupro é tão difícil de entender para alguns homens. Mas, se você colocá-lo desta maneira, eles entenderão.”, diz o primeiro tuite.

“Se você me pede 5 dólares, e eu estou muito bêbada para dizer sim ou não, não quer dizer que não tenha problema você pegar os 5 dólares da minha bolsa… só porque eu não disse não.”

“Se você apontar uma arma para a minha cabeça para que eu lhe dê os 5 dólares, você ainda está roubando os 5 dólares. Mesmo que fisicamente eu tenha entregado esse dinheiro para você.”

“Se eu lhe empresto 5 dólares, isso não dá o direito ao seu amigo de pegar 5 dólares da minha bolsa. ‘Mas você emprestou pra ele, por que eu também não posso ter?’

“Se você me roubou 5 dólares e eu não consigo provar isso na justiça, isso não significa que você não tenha roubado os 5 dólares.”

“ Só porque eu lhe dei 5 dólares no passado, não significa que eu tenha que lhe dar 5 dólares no futuro também”

E finaliza: “Se você consegue entender tudo isso que falei acima, como você não consegue entender o conceito do estupro?” Sexo sem consentimento é estupro, e o estupro nunca é culpa da vítima. Simples assim.

Todas as imagens © Reprodução Twitter

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
O ‘hambúrguer de laboratório’ tem inúmeros problemas e precisamos falar sobre isso