Debate

Paola Carosella alerta para PL que pode ampliar uso de agrotóxicos e convida população para audiência pública

por: Redação Hypeness

Depois do projeto de lei que pretende permitir que aviões soltem agrotóxicos no meio das cidades, mais novidades começaram a surgir no setor do veneno na mesa. Se trata do PL 3200/2015, que muda o nome dos agrotóxicos e ainda busca facilitar o registro de novos venenos. Ninguém melhor do que uma chef de cozinha para falar sobre o assunto. Foi o que fez a Paola Carosella em um vídeo divulgado nesta sexta-feira, 12, através do Facebook.

Na publicação, Paola fala sobre o projeto de lei que “tiraria o poder de veto do Ministério da Saúde e do Ministério do Meio Ambiente e deixaria apenas o Ministério da Agricultura vetando que agrotóxicos a gente pode usar e que efeitos eles têm pra nossa saúde“. Ela diz ainda que o PL seria responsável pela diminuição drástica do prazo de aprovação de um novo agrotóxico – o que permitiria que novos venenos fossem usados sem estudos aprofundados sobre seus riscos.

O projeto também prevê a mudança do nome “agrotóxico” para “defensivo fitossanitário” – assim fica mais difícil ainda de você saber o que está comendo! Ao final do vídeo, Paola convida a todos para uma audiência pública que será realizada na Faculdade de Saúde Pública da USP, em São Paulo, nos dias 29 e 30 de agosto.

Para combater o novo projeto, o site Contra os Agrotóxicos também está criando uma campanha para que a população envie mensagens a todos os deputados da Comissão Especial sobre o assunto, mostrando que já estamos cansados de comer comida envenenada. Confira o PL na íntegra clicando aqui.

poison

Imagem via / Fotos destaque: Reprodução Facebook/Cartoon via

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Com 200 anos, árvore mais antiga de SP é danificada por obra