Fotografia

Projeto mistura feminismo e cultura afro em série de fotos poderosa

por: Redação Hypeness

Se o machismo se tornou pauta fundamental e incontornável nos últimos anos, dentro do feminismo a questão da mulher negra se sobressai, ao reunir tanto a misoginia quanto o racismo em sua luta. Em homenagem à mulher e à cultura afro, sob a influência da estética teatral e da glam-trash, o coletivo Kolor Rio realizou um poderoso ensaio fotográfico.

Zones1

As fotos foram clicadas pelo fotógrafo franco-húngaro Paul Kuruczque, e foi batizado de Zones, por dividir os ensaios justamente em zonas de temas e estilos – entre estas, a questão da mulher negra, e sua luta por empoderamento tanto diante do machismo quanto na desigualdade racial. A concepção do ensaio e dos personagens foi realizada em parceria com os artistas, atores e drags que se ofereceram como modelos para as fotos.

Zones3

Para o coletivo, o projeto é uma provocação visual. “A mulher negra no Brasil e no mundo é feita refém por ambos, racismo e misoginia, quando enfrenta uma grande variedade de questões, incluindo abuso sexual, violência doméstica, violência policial, os estereótipos culturais, a desigualdade de renda, a falta de cuidados de saúde e educação. Ela é sub-representada na política e na mídia. Ela tem tomado recentemente sua luta para as ruas, às redes sociais, na música mainstream e festivais de arte“, afirmou.

Zones2

Zones5

Zones6

Zones4

Zones7

Zones8

Zones9

Zones10

Zones11

 Todas as fotos © Paul Kuruczque

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Janis Joplin clicada por Baron Wolman em São Francisco nos anos 1960 é pura inspiração