Estilo

10 exemplos de como uma tatuagem pode ressignificar uma cicatriz

por: Mari Dutra

Há muitos motivos que levam uma pessoa a fazer uma tatuagem. Pode ser por estilo, para ficar na moda ou mesmo para eternizar na pele o nome ou a imagem de uma pessoa querida. Porém, para alguns, a tatuagem pode ser uma maneira de esquecer um evento traumático.

Por isso, há quem opte pela arte no corpo como uma forma de encobrir cicatrizes de cirurgias ou marcas da violência sofrida. Nestes casos, a tatuagem ganha um significado ainda mais especial, ajudando as pessoas a superarem o que passou – e estas 10 imagens compiladas pelo site Bored Panda mostram que a ideia é genial!

Este passarinho cobriu as cicatrizes de diversas cirurgias após sua dona cair de um trampolim durante o Ensino Médio.

tattoo1

Foto: rachelb440d04484/Buzzfeed

Depois de ser abusada pelo avô, esta jovem começou a se automutilar. Para encobrir as marcas, ela decidiu assumir o controle sobre seu corpo novamente com uma incrível tatuagem.

tattoo2

Foto: lyndsayr42c1074c7/Buzzfeed

Após uma complicada cirurgia da coluna, ela optou por não cobrir as cicatrizes, mas mostrá-las. Ao lado da marca, uma tatuagem de apenas uma palavra, que lembra tudo que foi necessário durante a recuperação: força.

tattoo3

Foto: hsleeves/Buzfeed

Neste caso, uma aquarela foi suficiente para cobrir as cicatrizes decorrentes da automutilação.

tattoo4

Foto: JessPlays/Reddit

Depois de sair de um relacionamento abusivo, em que foi diversas vezes agredida pelo companheiro, ela quis transformar a dor em algo bonito e substituiu as cicatrizes por essa incrível tatuagem.

tattoo5

Foto: jenniesimpkinsj/Buzzfeed

Mais uma pessoa que superou a automutilação transformando as cicatrizes em arte. 🙂

tattoo6

Foto: whitneydevelle/Instagram

Após se recuperar de uma cirurgia na coluna extremamente invasiva, ela decidiu cobrir as cicatrizes com a imagem da sua coluna como ela gostaria que fosse.

tattoo7

Foto: emilys4129c93d9/Buzzfeed

Quando um amigo se suicidou, ela decidiu que era hora de se recuperar da automutilação. Para isso, cobriu as cicatrizes com uma pena negra.

tattoo8

Foto: laurens45805a734/Buzzfeed

Na adolescência, ela sofria bullying na escola. Como resultado, se automutilou por muitos anos. Foi  com essa tatuagem que celebrou a força para se recuperar deste hábito e reconquistar sua autoestima.

tattoo9

Foto: Shanti Cameron/Instagram

Com um tumor no joelho removido quando tinha apenas 10 anos, ela decidiu transformar as cicatrizes da doença em uma bonita lembrança.

tattoo10

Foto: michelleh9/Buzzfeed

Publicidade


Mari Dutra
Criadora do Quase Nômade, contadora de histórias, minimalista e confusa por natureza, com os dois pés (e um pet) no mundo. Chega mais perto no Instagram.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Bruna Marquezine posta foto da transição capilar e diz que cabelo ‘ficou curtinho’