Inspiração

A comovente história do artista gay sírio que foi acolhido por uma mãe solo na Suécia e pôde recomeçar

por: Redação Hypeness

Publicidade Anuncie

A postura do Estado Islâmico contra os homossexuais é extramente excludente. Na Síria, homens gays são atirados do alto de edifícios para morrer ou mesmo torturados. Essa era a realidade ao redor do artista sírio gay Alqumit Alhamad quando ele decidiu deixar o país.

Após ter visto diversos amigos serem vítimas do Estado Islâmico, Alqumit temia por sua vida. Foi quando fugiu de Raqqa, no norte da Síria, em 2012, após um grupo de extremistas transformarem a cidade em sua sede. De lá, o artista foi para a cidade de Aleppo para terminar a universidade. Mas, após alguns mísseis serem atirados no campus, foi a vez de fugir novamente, desta vez com destino à Europa.

sirio3

Foto: Reprodução Instagram / Foto destaque © UNHCR/Aubrey Wade

Durante a viagem, ele carregou apenas uma muda de roupa, seus CDs e alguns materiais de arte. Sua primeira parada na Suécia foi em um acampamento de refugiados para a comunidade LGBT em Västerås. Através da organização Refugees Welcome, que conecta refugiados a pessoas que querem ajudá-los, ele conheceu Linnea Tell, uma mãe solteira que trabalha em uma livraria e lhe ofereceu um lugar para ficar.

Hoje, o artista vive com ela e seu filho Vidar, de nove anos, na cidade de Skurup, na Suécia. Em entrevista à UNHCR, ele comentou o quanto se sentia livre e grato pelas mudanças ocorridas em sua vida. “As pessoas daqui, o apoio, a cultura, a segurança – é um mundo completamente novo, especialmente para um gay vindo do mundo árabe“.

O Now This contou também um pouco desta história no vídeo abaixo, em inglês:

Todas as imagens: Reprodução

Publicidade Anuncie


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Conversamos com a autora de uma ‘casa na árvore’ maravilhosa para gatos de rua