Debate

Campanha poderosa invade as ruas para ensinar a diferença entre consentimento e estupro

por: Tuka Pereira

Se uma mulher estiver dormindo ou inconsciente não pode falar nada e isso significa que também não pode concordar com qualquer tipo de atividade sexual. Portanto, a menos que a pessoa seja capaz de dizer um ‘sim’ em alto e bom tom, é estupro.

É justamente isso o que uma campanha intitulada Know No (“Conheça o Não”) espera ensinar aos jovens dos Estados Unidos, país em que uma epidemia de violência sexual nos campus universitários continua a seguir em frente.

know-no-campaign-hed-2016

No vídeo, filmado nas ruas de Chicago, atores fingem dormir em diversos pontos da cidade junto a um cartaz com a frase: “Se não posso dizer não, não posso dizer sim”.

Cobra Roth e Stephanie Franke, responsáveis pela campanha idealizada pela agência Marc USA, contaram que a ideia foi baseada no estupro cometido por Brock Turner. O jovem foi condenado a apenas seis meses de prisão por estuprar uma estudante inconsciente da Universidade de Stanford.

Ao verem tantas manifestações de pessoas indignadas com a curta sentença recebida pelo estuprador, as duas mulheres pensaram sobre como poderiam fazer algo impactante para ajudar a evitar que este fatos se repitam no futuro.

Vale a pena assistir e refletir:

[youtube_sc url=”https://www.youtube.com/watch?v=7oaIxolB4Dg”]

01

02

03

Todas as imagens: Reprodução YouTube

Publicidade


Tuka Pereira
Jornalista há mais de uma década e 'escrevinhadora' há muito mais tempo, Tuka Pereira aborda feminismo a gatinhos fofos com a mesma empolgação. Se existe algo que gosta mais do que escrever é carimbar o passaporte. Já esteve em boa parte do mundo e todo dinheiro que ganha gasta em viagens.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Mulher branca autora de show de homofobia em padaria não tem registro na OAB: ‘Quero que polícia se f*’