Debate

Depoimento de Serena Williams lembra o quanto ainda precisamos avançar em termos de igualdade racial

por: Redação Hypeness

O movimento #BlackLivesMatter (#VidasNegrasImportam, em inglês) está cada vez mais forte nos Estados Unidos. Diante da repercussão de casos de racismo, como o que levou um jovem negro a ser morto pela polícia no carro ao lado de sua namorada enquanto procurava seus documentos, a comunidade americana mostra cada vez mais a urgência de falar sobre o assunto.

A porta-voz da vez foi a tenista Serena Williams, que usou sua página no Facebook para dar o seu depoimento sobre o assunto. A atleta conta que teria pedido a seu sobrinho de 18 anos, que é negro, que a levasse de carro até umas reuniões para que ela pudesse trabalhar ao telefone durante o trajeto. Foi quando viu alguns policiais no caminho e começou a pensar no caso que comentamos acima.

Então eu lembrei daquele vídeo horrível de uma mulher no carro quando um policial atirou em seu namorado. Tudo isso passou pela minha cabeça em uma questão de segundos. Eu até mesmo me arrependi de não estar dirigindo. Eu nunca me perdoaria se algo acontecesse a meu sobrinho. Ele é tão inocente. Assim como eram todos ‘os outros’.“, escreveu ela.

A publicação continua com um questionamento: “Porque eu tenho que pensar sobre isso em 2016? Já não passamos o suficiente, abrimos tantas portas, impactamos bilhões de vidas? Mas eu percebo que nós precisamos seguir caminhando – porque não é sobre o quão longe nós chegamos, mas o quanto nós ainda iremos chegar.”

Publicada nesta terça-feira, 27, a mensagem da tenista se tornou viral nas redes sociais e chegou a ser compartilhada mais de 26 mil vezes, recebendo 146 mil reações na rede social. Abaixo você confere a publicação original (em inglês):

Fotos: Reprodução Facebook

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Por que esta cidade no Michigan decidiu descriminalizar os cogumelos alucinógenos