Arte

Festival independente leva destaques da música brasileira a São Paulo neste final de semana

por: Redação Hypeness

Quem estiver de bobeira em São Paulo pode aproveitar o final de semana para curtir o Coala Festival. Organizado de maneira 100% independente por quatro jovens paulistanos, o festival vai rolar neste sábado, dia 3 de setembro, no Memorial da América Latina.

O foco é prestigiar a música e a cultura brasileira. Para isso, o espaço vai se encher com shows de Karol Conka, Céu, Lila, SILVA, Baiana System e Cícero, com a participação especial do músico Marcelo Camelo. O festival também irá receber outras manifestações artísticas e contará com uma área do Greenpeace, onde um óculos de realidade virtual poderá ser usado pelo público para conhecer as regiões mais ameaçadas pela ação do homem.

coala0

O Coala valoriza a cultura brasileira e sua diversidade. Em sua terceira edição vai trazer artistas da Bahia, do Paraná, do Rio de Janeiro, do Espírito Santo e de São Paulo”, disse Gabriel Andrade, um dos organizadores do festival, em comunicado à imprensa.

Outro destaque do festival é o fato de que basta doar um livro ou um quilo de alimento para ter direito a pagar meia entrada. Nas primeiras edições, a iniciativa foi responsável por uma arrecadação de em média 1,5 mil livros e duas toneladas de alimentos – todos doados para instituições sociais.

E, para divulgar o festival deste ano, nada melhor do que uma homenagem a uma figura que está presente em praticamente qualquer show:

As entradas podem ser adquiridas clicando aqui por R$ 100 (inteira) ou R$ 50 (meia).

coala2

coala7

coala5

coala4

coala3

Todas as fotos: Divulgação

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Racionais recusa R$ 100 mil por live com medo de mau exemplo durante pandemia