Roteiro Hypeness

Fomos até à lanchonete de Nova York que criou estes milk-shakes; e eles são o verdadeiro paraíso na terra

por: Gabriela Alberti

Publicidade Anuncie

Se você é do tipo de pessoa que viveria facilmente em um mundo onde só existisse sobremesa, prepara o coração, porque você irá se deparar com cenas fortíssimas nesta matéria. Lembra daqueles milk-shakes que ficaram famosos na internet, invadindo o feed do Instagram de muita gente por aí nos últimos meses? Pois então, finalmente nos conhecemos, e foi amor à primeira vista!

Embora essa oitava maravilha do mundo seja criação da Black Tap, que é na verdade uma hamburgueria cujo nome faz referência às cervejas servidas diretamente na torneira, a sobremesa impressiona tanto quanto às fotos postadas sem nenhum pudor em perfis de redes sociais do mundo inteiro, e está fazendo tanto sucesso que eles vendem uma média de 1000 unidades por dia.

11024727_980534811964458_6057215702613496108_o

img_7407-copia

Eles possuem duas unidades em Nova York, em bairros descoladinhos da cidade, o Soho e o Meatpacking. Optei pela primeira opção, já que tinha o acesso mais fácil pelo metrô que eu pegaria. Chegando ao local, me deparei com uma fila nem muito grande nem muito pequena, onde aproximadamente 20 pessoas aguardavam tão ansiosas quanto eu para o esperado encontro.

13094304_1235749693109634_5934115727368898555_n

13925917_1323219074362695_2352021759912703697_o

13333005_1263932316958038_7550567045857849942_n

Alguns sabores são sazonais, como estes dois acima

captura-de-tela-2016-09-18-as-21-48-44

Foram uns 15 ou 20 minutos de espera até que finalmente uma funcionária do local me chamou. Desci as escadinhas que levam ao salão que fica no porão do local como uma criança que entra em uma loja de brinquedos, com aquele friozinho na barriga que só um doçólatra irá entender!

img_7369-copia

img_7346-copia

Ao me deparar com o cardápio, surgiu aquela dúvida: e agora, qual escolher? No fundo, eu queria um de cada, mas nem meu bolso nem meu jeans – já um tanto quanto apertado só de estar lá – permitiam. Eles contam com 5 opções fixas do hiperbólico milk-shake, além de algumas sazonais, em parcerias com outros estabelecimentos da cidade, e outras mais basiquinhas, sem nenhum daqueles exageros que me levaram até o local.

captura-de-tela-2016-09-18-as-23-00-46

Sweet N’ Salty

captura-de-tela-2016-09-18-as-23-00-37

Cotton Candy

captura-de-tela-2016-09-18-as-23-01-05

The Cookie Shake

Brooklyn Blackout

captura-de-tela-2016-09-18-as-23-00-26

Sour Power

Foi difícil, mas consegui escolher. Altamente recomendado pela garçonete, fui de “The Cookie Shake”, uma verdadeira maravilhosidade sabor baunilha envolta por um sanduíche de muitos cookies, pedaços de chocolate, calda de chocolate e uma nuvem de chantilly. Como o lugar estava lotado, a funcionária que me atendeu já avisou que demoraria até 30 minutos para o milk-shake ficar pronto, e esses foram provavelmente os 30 minutos mais longos da história.

captura-de-tela-2016-09-18-as-21-03-54

Sério, olha isso!

14231417_1345461518805117_2986341437844692505_o

Olhando para as mesas ao meu redor, não tinha uma única alma humana que não estivesse lá pelos famosos milk-shakes. Alguns até pediam um hambúrguer para disfarçar, mas todos, sem exceção, tinham uma taça dessas toda colorida olhando apaixonadamente para eles. Finalmente chegou a minha vez, e sério, fiquei emocionada quando aquele copinho recheado de amor chegou.

img_7376-copia

img_7375-copia

img_7373-copia

img_7372-copia

Na hora de registrar o momento tive que ser rápida, pois a pequena montanha a minha frente começava a desmoronar. Não teve jeito, era atacar ou atacar. Obviamente, não consegui comer tudo, já que o bicho é realmente grande e pode ser facilmente dividido em até umas 3 pessoas. Mas ainda assim, saboreei cada segundo que pude daquela belezinha, pensando como ninguém tinha inventado aquilo antes. Para os amantes da especialidade, é realmente um pedacinho do céu na terra.

img_7401-copia

Onde a mágica acontece

img_7390-copia

img_7396-copia

img_7398-copia

img_7400-copia

Mas como nem tudo são flores, o preço é bem salgadinho, ainda mais com o dólar nas alturas. Cada milk-shake sai por 15 obamas, e isso significa que infelizmente não voltarei lá tão cedo. Entretanto, caso você esteja com viagem marcada para a Big Apple, vale a pena sim enfrentar a fila antes e a academia depois. Afinal, não podemos comprar felicidade, mas podemos comprar milk-shakes!

img_7414-copia

img_7413-copia

Black Tap

Soho: 529 Broome St – Nova York, NY 10013

De domingo a quarta, das 11h às 00h, de quinta a sábado, das 11h às 01h00

Meatpacking: 248 W 14th St – Nova York, NY 10011

De domingo a quarta, das 11h às 23h, de quinta a sábado, das 11h às 00h00

Imagens © Gabriela Alberti/Black Tap

faixa_roteiro

Publicidade


Gabriela Alberti
Aquariana, curitibana, canhota e (só um pouco) teimosa. Curiosa desde o berço, tô sempre em busca de novidades, da senha do wi-fi, de novas séries para virar o fim de semana e de passagens promocionais para, quem sabe um dia, dar a volta ao mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Lanche do KFC com ‘frango vegetal’ era para durar 1 mês, mas se esgotou em 4 dias