Fotografia

A fotógrafa Bárbara Nitke registrou como era a indústria pornô nova iorquina nos anos 1980

Redação Hypeness - 14/10/2016

Vídeos e fotos pornográficas estão a poucos cliques de distância de quem quiser, mas nem sempre foi assim. Antes da popularização da internet, na década de 1980, a pornografia estava limitada a revistas e imagens em VHS e era um setor da sociedade cercado de mistérios e tabus. Hoje, o preconceito com atrizes, atores e produtores diminuiu consideravelmente, e já são comuns os Making Of que mostram os bastidores das gravações.

Para aplacar a curiosidade sobre as produções dos anos 1980 em Nova York (EUA), a fotógrafa Barbara Nitke, especializada em relações sexuais e com trabalhos extensos na comunidade pornô, lançou um livro de memórias onde mostra algumas de suas melhores fotos.

american_ecstasy_barbara_nitke_2

No livro “American Ecstasy (1982-1991)”, Barbara conta como foi contratada por vários produtores de cinema pornográfico para fotografar homens e mulheres em relações sexuais do gênero “amador” e, é claro, mostra algumas imagens captadas.

american_ecstasy_barbara_nitke_4

Barbara Nitke nasceu em 1950, no estado de Virginia (EUA), e tinha pouco mais de 30 anos quando começou esse trabalho. Atualmente, é fotográfa de moda e arte, além de ser professora na Escola de Artes Visuais de Nova York.

american_ecstasy_barbara_nitke_

american_ecstasy_barbara_nitke_5

american_ecstasy_barbara_nitke_7

american_ecstasy_barbara_nitke_11

american_ecstasy_barbara_nitke_9

Fotos: Reprodução

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.