Debate

Após comentários machistas, jogadores terão que treinar com mulheres para aprender a respeitá-las

por: Redação Hypeness

O campo de futebol costuma ser um lugar incrivelmente machista e muitas das mulheres que frequentam os estádios já passaram por alguma situação constrangedora. Mas, se depender do clube de futebol tcheco Sparta Praga, os comportamentos machistas durante as partidas podem estar com os dias contados.

Depois de dois jogadores da equipe tecerem comentários machistas a respeito da auxiliar de arbitragem Lucie Ratajova, eles foram sentenciados a passar alguns dias treinando com o time feminino do clube para aprender a respeitar as mulheres. O goleiro do Sparta Praga, Tomas Koubek, teria dito que “mulheres pertencem ao fogão e não deveriam apitar futebol masculino” após Lucie validar um gol da equipe adversária que estava aparentemente impedido em uma partida realizada no último domingo contra o Brno.

O meia Lukas Vacha também se manifestou sobre o ocorrido, através do Twitter, onde escreveu a frase “para a cozinha” após o erro. Com o gol, as duas equipes empataram, fazendo com que o Sparta Praga se afastasse dos líderes do Campeonato Tcheco.

Tomas reconheceu o erro no dia seguinte à partida e pediu desculpas a “todas as mulheres” através do Facebook. Porém, o companheiro de equipe Lukas Vacha disse apenas que sua publicação teria sido um comentário  “sobre um erro específico que afetou o resultado da partida, não sobre outras mulheres”.

O caso ainda não foi tratado pelo comitê disciplinar da Federação Tcheca de Futebol, mas o clube decidiu que os jogadores deveriam passar alguns dias treinando com o time feminino para reconhecer o valor das mulheres, além de servirem de embaixadores do time na Liga dos Campeões feminina, segundo comentou o diretor-esportivo do Sparta, Adam Kotalik.

sparta1

Foto em destaque via

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Mike Tyson diz que gasta mais de R$ 150 mil por mês em maconha