Viagem

Esta mulher entrou na casa de estranhos para salvar seus pets durante o furacão Matthew

por: Redação Hypeness

A chegada de um furacão pode muitas vezes ser rápida e inclemente, levando os moradores das regiões atingidas a deixar tudo para trás – inclusive seus animais de estimação. Pois o trabalho da voluntária americana Alex Layton após a passagem do furacão Matthew pelo estado da Carolina do Norte foi o de enfrentar a intensidade das águas para justamente resgatar esses animais.

 resgatepet4

Trabalhando com os bombeiros como voluntária da The Maggie Society – uma ONG especializada no resgate, reabilitação e na busca por casas para cães abandonados – Alex atravessou inundações em bote, e para realizar os resgates muitas vezes precisou invadir casas para salvar animais que tenham sido deixados para trás durante a fuga do furacão.

Em muitos locais a chegada do furacão foi incrivelmente veloz, e não era esperado que a intensidade do fenômeno fosse tão forte.

resgatepet3

Muitos animais foram encontrados em cima dos telhados ou nos pontos mais altos das casas, mas alguns foram resgatados diretamente das águas para o bote. A ação pôde salvar em torno de 24 cães, além de gatos e até cavalos. Os animais foram entregues temporariamente a um abrigo na região, devidamente seguros e tratados – e com a própria vida preservada pelo corajoso trabalho voluntário de Alex e seu grupo.

resgatepet7

resgatepet5

resgatepet1

resgatepet2

resgatepet9

resgatepet8

© fotos: divulgação

Recentemente o Hypeness mostrou o trabalho de ativistas que se arriscam para salvar animais em zonas de guerra na Síria. Relembre.

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Mulher se livra de viagem ao epicentro do coronavírus após cachorro morder passaporte