Roteiro Hypeness

Fomos conhecer a Smorgasburg, uma feira no Brooklyn com as comidas mais estranhas que existem

por: Gabriela Alberti

O verão já vai se despedindo de Nova York, e com ele muitas atrações legais que acontecem na estação mais quente – e bota quente – do ano. Uma delas é uma feira ao ar livre chamada Smorgasburg, promovida pela Brooklyn Flea e que acontece todos os sábados em Williamsburg.

Criada por Eric Demby e Jonathan Butler, dois empreendedores que sentiram a necessidade de uma feira no bairro que vendesse comida durante os fins de semana, e que desde o começo tiveram o cuidado de selecionar vendedores inovadores para estarem presentes no local.

Talvez por isso que ela tenha sido considerada pelo New York Times como o “Woodstock da Alimentação”, onde vários sentimentos de um verdadeiro festival de verão se misturam: “Você se emociona, passa um calor infernal e chega no seu limite. E ainda assim você vai querer tudo de novo.”, publicou o jornal.

img_7509-copia

10257513_626432007426184_4421199130628265143_o-copia

A feira acontece em um terreno à beira do East River, e hoje conta com aproximadamente 100 barraquinhas com as comidas mais malucas que você pode imaginar. Tudo aquilo que você vê de diferente na internet está lá. Desde o hambúrguer de miojo até o bolo gota de chuva, passando pela limonada de cactus e o refrigerante de erva-mate.

img_7522-copia

img_7493-copia

12377821_996223500447031_6625134914683960208_o-copia

Há ainda uma edição aos domingos, no Prospect Park, e durante o inverno eles se mudam para um barracão em Fort Greene, mas acredito que a experiência de se comer um sanduíche de sorvete à beira do rio enquanto se refresca e admira o skyline de Manhattan seja infinitamente melhor.

E foi com toda essa expectativa que decidi ir conhecer o local no último sábado. Há diversas maneiras de se chegar lá, como metrô, Uber, bike e ferry. Optei pela última, já que se trata de um dos passeios pelo rio mais em conta da cidade. Então aproveitei e risquei este item da minha lista de turista também. Sem contar que é a forma mais rápida de chegar, você pega o ferry entre a rua 34 e 35 e em menos de 15 minutos desembarca praticamente na porta da Smorgasburg.

img_7444-copia
East River Ferry

Chegando ao local, todos aqueles sentimentos descritos pelo NY Times começaram a aparecer. O dia estava quente, a feira estava lotada, e eu não sabia para onde olhar primeiro. A aparência da feira em si não é nada demais, lembra muito as feirinhas de rua do Brasil. Mas ainda assim é só você botar os pés na Smorgasburg para ser hipnotizado pelos deuses da comida imediatamente.

img_7453-copia

Já de cara avistei uma fila enorme, e logo entendi o motivo. Era a barraquinha daqueles sorvetes que mostramos esses tempos aqui, com waffles no lugar das tradicionais casquinhas e que estão fazendo o maior sucesso na cidade. Eram muitos adolescentes em fervorosa, a espera do tão sonhado sorvetinho.

img_7503-copia

img_7505-copia

12523841_993101557425892_5432706254704750035_n

Mais à frente, me deparei com uma barraca vendendo limonada. Até aí tudo bem. Mas a limonada era feita de CACTUS. Sim, de cactus! Vários copos preenchidos com um líquido rosa chamavam bastante atenção naquele calor, e novamente uma pequena fila aguardava para degustar o refresco que era no mínimo inusitado.

img_7482-copia

img_7484-copia

Mas nada se comparava a fila logo adiante. Era enorme, daquelas de dobrar o quarteirão. O motivo? Todos estavam ali para experimentar o Ramen Burguer, que ao invés de pão, utiliza uma espécie de miojo frito nos seus sanduíches. A julgar pelo tanto de gente, a invenção deve ser inusitadamente gostosa!

img_7472-copia

img_7468-copia

img_7462-copia

img_7463-copia

img_7471-copia

11807730_432515506952169_2486284023435168080_o-copia

E apesar de tradicional pelas comidas diferentes, a feira também comercializa algumas comidas típicas, consideradas normais se comparadas aos vizinhos de barraca mais ousados. Tem pizza, tacos, noodles, pipoca, sanduíches, frutos do mar, batata frita e até churrasco (mas esse não era tão normal, afinal, era feito de carne de pato).

img_7520-copia

img_7516-copia

img_7514-copia

img_7513-copia

img_7510-copia

img_7494-copia

img_7478-copia

Porém, se você gosta mesmo de aventura, se liga na próxima barraca que encontramos. Era a Raindrop Cake, aqueles bolinhos que simulam uma gota de chuva, que inclusive já apareceu por aqui. Não experimentei, mas perguntei para uma menina que comia um dos bolinhos por ali o que ela estava achando, e ela afirmou que o bolo diferentão realmente é muito saboroso.

img_7474-copia

img_7475-copia

img_7476-copia

img_7477-copia

Uma outra barraca que fazia bastante sucesso era a de sanduíche de sorvete, outra tendência que pegou no verão escaldante da cidade. Não é nada mais do que uma bola de sorvete envolta por dois cookies enormes e apetitosos. A fila desse lugar poderia ser comparado ao do hambúrguer de miojo, de tão grande que estava. Eu já havia experimentado essa belezinha em um outro local, e realmente valia a pena esperar uns minutinhos por ela.

14232637_1240384475995432_4578575279586942240_n-1-copia

img_7489-copia

Mesmo com tantas comidas maravilhosas, acabei optando por algo mais normal. Escolhi uma espécie de falafel, mas um tanto quanto diferente da versão que estamos acostumados. Para acompanhar, pedi um Club Mate, bebida que já havia experimentado em Berlim e me apaixonado. É um refrigerante de erva-mate, que não sei como nunca fizeram no Brasil.

13235569_233318623712819_8069737483346513951_o-copia

img_7491-copia

Você ainda pode aproveitar a ida à feira para dar um passeio por Williamsburg, caso ainda não conheça o bairro mais hype e o queridinho do momento pelos novaiorquinos. Minha dica é seguir a Bedford Avenue, sem lenço nem documento. Vá passeando e curtindo o bairro, observando as lojinhas, os moradores…seu único compromisso ali é curtir o momento! 

bedfordwall_lg-copia

Quando cansar, é só voltar até a esquina da avenida com a rua 7 e pegar o metrô L sentido Manhattan. Um passeio quase de graça (falando em $$, as comidas da Smorgasburg em geral saem por um precinho bem camarada), mas nem por isso sem graça!

Imagens © Gabriela Alberti/Brian Rose/Divulgação Smorgasburg

faixa_roteiro

Publicidade


Gabriela Alberti
Aquariana, curitibana, canhota e (só um pouco) teimosa. Curiosa desde o berço, tô sempre em busca de novidades, da senha do wi-fi, de novas séries para virar o fim de semana e de passagens promocionais para, quem sabe um dia, dar a volta ao mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Confira os melhores momentos da 5ª edição do Wired Festival Brasil