Inspiração

Modelo luta pelo fim do conceito de ‘plus-size’

por: Redação Hypeness

Já reparou que algumas modelos “plus-size” são mulheres com corpos comuns, cuja única diferença é não usar um tamanho 34. Quem nos lembra isso é a modelo Stefania Ferrario, que construiu uma carreira de sucesso no mundo da moda sem precisar sacrificar sua saúde em busca de um corpo extremamente magro.

Stefania tem todas as curvas possíveis, mas continua sendo linda e dificilmente uma pessoa normal diria que ela está acima do peso. Mesmo assim, ela é considerada uma modelo plus-size, apesar de não concordar nada com esse rótulo. Na verdade, ela não concorda nem mesmo com esse conceito e está criando uma campanha para que as marcas tirem as etiquetas de plus-size de todas as suas roupas.

modelo1

Dentro da ideia, a modelo criou a hashtag #DropThePlus, que está se popularizando nas redes sociais, com diversas pessoas aderindo à causa. Para ela, usar o termo plus-size para se referir às modelos que não são extremamente magras faz com que elas pareçam fora do padrão – quando na verdade estão muito mais próximas do tipo de corpos que costumamos ver nas ruas.

Stefania começou sua carreira de modelo aos 16 anos. Na época, ela pesava 18 quilos a menos do que hoje. Mesmo assim, disseram que ela deveria perder um pouco de peso caso quisesse continuar na indústria da moda. Hoje, ela busca ser sincera a respeito de tudo que passou física e psicologicamente em busca de um corpo ideal e usa o poder das redes sociais para isso.

plus1

Em uma publicação no Instagram, onde conta com mais de 370 mil seguidores, Stefania escreveu sobre o porquê deveríamos abandonar o termo plus-size.

Eu sou uma modelo PONTO FINAL. Infelizmente, na indústria da moda, se você usa acima do tamanho 4 dos EUA, você é considerada plus size, e eu sou frequentemente classificada como uma modelo ‘plus size’. Eu NÃO acho isso empoderador. Alguns dias atrás, @ajayrochester chamou a indústria para atentar para o uso do termo ‘plus size’ mostrando que é ‘nocivo’ chamar uma modelo de ‘plus’ e prejudicial para a mente das jovens garotas. Eu apoio completamente Ajay e concordo com ela. Vamos ter modelos de TODAS formas, tamanhos e etnia e deixar pra lá os rótulos. Eu NÃO me orgulho de ser chamada de ‘plus’, mas eu ME orgulho de ser chamada de ‘modelo’, que é minha profissão!“, escreveu ela.

modelo2

modelo6

modelo5

modelo4

modelo3

Todas as fotos © Stefania Ferrario

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Cão espera 4 anos no mesmo lugar e consegue finalmente reencontrar tutores – mas o final da história é surpreendente