Inovação

Vinho feito à base de cannabis está surpreendendo a Califórnia

por: Redação Hypeness

Enquanto alguns países, como o próprio Brasil, insistem em se manter atrasado na proibição da maconha, nos lugares onde já foi liberada a erva segue se mostrando uma planta incrivelmente versátil, capaz de se desdobrar em um sem fim de produtos, medicinais ou recreativos.

E as opções para o usuário de maconha medicinal no estado da Califórnia, nos EUA, já se ampliaram para muito além dos baseados enrolados em papel de seda ou os vaporizadores – e o mais novo produto derivado da erva é um elegante e encorpado vinho de maconha.

vinhomaconha3

vinhomaconha1

O vinho é feito a partir de sementes esterilizadas de maconha e extrato de canabidiol, tem sido bem recebido pelos consumidores e especialistas – tanto de vinho quanto de maconha – e pode ser adquirido tanto em sua versão malbec quanto chardonnay.

vinhomaconha4

Todos os primeiros fabricantes de vinho de maconha garantem, porém, que a finalidade da bebida é médica e não recreativa, criado para aqueles que, por motivos diversos, não podem utilizar a maconha em fumaça.

vinhomaconha2

A novidade por enquanto é restrita ao estado da Califórnia, pois, mesmo em outros estados americanos em que a maconha é legalizada, não é permitida a mistura da planta com álcool. Ainda assim, não será de se estranhar que, em pouco tempo, os outrora marginalizados maconheiros passem a ocupar o elevado status de um connaisseur de vinho, um sofisticado enólogo da maconha.

vinhomaconha5

vinhomaconha6

© fotos: divulgação/Instagram

Recentemente o Hypeness mostrou as freiras da Califórnia que cultivam maconha. Relembre.

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Cachorros estão sendo treinados para detectar Covid-19 em aeroportos no Reino Unido