Debate

Estudo revela que vítimas de bullying são tão traumatizadas quanto quem sofre abuso sexual

10 • 10 • 2016 às 11:28
Atualizada em 11 • 10 • 2016 às 11:37
Redação Hypeness
Redação Hypeness Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Se você já é adulto, muito provavelmente já falou ou ouviu alguma frase parecida com essa: “bullying é frescura”. Pois bem, agora um estudo acaba de revelar que vítimas de provocações constantes, além de terem mais chances de desenvolver depressão, ansiedade e estresse pós-traumático, podem ter mais distúrbios até do que quem sofre abuso sexual.
stranger

A pesquisa da Universidade de Illinois, nos EUA, reuniu os depoimentos de 480 alunos da graduação da faculdade, homens e mulheres, de etnias e origens sociais diversos.

Eles responderam sobre as experiências traumáticas que haviam sofrido desde o nascimento até os 17 anos – incluindo bullying, cyberbullying e crimes como violência doméstica e abuso sexual. Também relataram se atualmente tinham algum tipo de problema psicológico, como ansiedade, depressão ou estresse pós-traumático.

Os resultaram detectaram que entre as pessoas que afirmavam ter algum desses problemas, grande parte tinha sido vítimas de bullying na infância. Os participantes que tinham sofrido as provocações persistentes nos primeiros estágios da vida desenvolveram mais doenças mentais associadas a experiências traumáticas do que todos os outros, inclusive os que tinham passado apenas por traumas diferentes do bullying.

Via

* Imagens: Reprodução

Publicidade

Canais Especiais Hypeness