Inovação

Cidade com 7 mil anos acaba de ser descoberta no Egito

por: Redação Hypeness

No Egito, a história se sobrepõe literalmente em camadas, uma sobre a outra. Poucos dias atrás, durante uma expedição próxima ao Templo do Rei Seti, à beira do Rio Nilo, arqueólogos do Ministério das Antiguidades descobriram em escavação mais um rico e impressionante tesouro arqueológico: sob a terra, intocados e desconhecidos, havia uma cidade, uma zona portuária e um cemitério de mais de 7 mil anos.

egito6

Templo do Rei Seti

Templo do Rei Seti

Pelo tamanho e a complexidade das construções descobertas – e pela imponência e grandeza dos túmulos, maiores do que algumas sepulturas de reis em Abidos, cidade próxima da escavação – acredita-se que a cidade descoberta tenha tido grande importância durante a primeira dinastia, servindo de provável moradia para autoridades de alto escalão.

Ferramentas de ferro, cerâmicas e cabanas também foram desenterradas, junto de 800 papiros, datados do reinado de Quéops – segundo especialistas, estes podem ser os mais antigos documentos egípcios já encontrados.

Uma das sepulturas descobertas

Uma das sepulturas descobertas

egito5

Além de poder vir a iluminar a história da região de Abidos – uma das cidades mais antigas do Egito que, segundo especialistas, chegou a ser capital do país durante as quatro primeiras dinastias – a descoberta pode significar uma forte estímulo ao turismo no país, que sofre abalos em sua renda por conta das crises políticas e casos de terrorismo na região.

egito1

egito4

© fotos: divulgação

Recentemente o Hypeness mostrou a cidade egípcia perdida, encontrada 1200 anos depois. Relembre.

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Carro voador é testado com sucesso no Japão