Inovação

Ela usa criatividade e bom humor para divulgar seus serviços de faxina no FB

por: Tuka Pereira

Até o momento, o ano de 2016 está sendo complicadíssimo para todos aqueles que não tiveram a sorte de nascer ricos, ou seja: para 99,9% de nós. Com índices de desemprego chegando na estratosfera por conta de toda confusão política que estamos vivendo, tem quem tenha encontrado maneiras alternativas – e criativas – de arrumar dinheiro para pagar as contas. Este é o caso da paulistana Verônica Oliveira, de 35 anos.

Mãe de dois filhos, de 17 e 8 anos, sua vida estava tranquila até que a empresa em que trabalhava decretou falência. Sem dinheiro, acabou perdendo sua casa e enfrentou uma depressão que resultou em uma internação em um hospital psiquiátrico por duas semanas.

Por necessidade, ela começou a fazer serviços de faxina nas casas dos amigos e, ao perceber que teve um bom resultado financeiro, passou a realizar o trabalho também em casas de pessoas desconhecidas.

Até aí, nenhuma novidade, certo? Afinal milhares de mulheres ganham a vida com trabalhos domésticos no Brasil. Mas o que diferencia Verônica de tantas outras é que, para atrair a clientela, ela pegou emprestada a fama de filmes e seriados e criou ‘anúncios’ inusitados que cumpriram muito bem o objetivo de chamar a atenção.

14925661_1145786918850925_9126351860640234364_n

Colocando seu rosto no corpo de Beatrix Kiddo, personagem de Uma Thurman em Kill Bill e usando o jargão de Saul, da série “Better Call Saul”, um pouquinho adaptado, ela conquistou a simpatia de muitos internautas e, obviamente, atraiu clientes encantados por sua divertida técnica de marketing.

14962800_1145786762184274_3742308125749157384_n

Veja abaixo o post em que Verônica oferece seus serviços:

Precisa de faxineira? Que tal ligar para a Verônica?

Todas as imagens: Reprodução YouTube

Publicidade


Tuka Pereira
Jornalista há mais de uma década e 'escrevinhadora' há muito mais tempo, Tuka Pereira aborda feminismo a gatinhos fofos com a mesma empolgação. Se existe algo que gosta mais do que escrever é carimbar o passaporte. Já esteve em boa parte do mundo e todo dinheiro que ganha gasta em viagens.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Picolé de cerveja? Como os pernambucanos vão transformar o Carnaval