Empreendedorismo

Aplicativo ‘aluga’ goleiros para resolver dilema das partidas amadoras de futebol

por: Redação Hypeness

Patrocinado por: Shark Tank Brasil

O futebol é o esporte mais praticado do mundo. Sua popularidade, em parte, se resume pela facilidade com que ele pode ser praticado: basta uma bola (seja de couro, plástico, meia ou mesmo um coco ou qualquer coisa redonda) e algo que se pareça com um gol para que a partida possa começar. Entre uma pelada de rua e a final da copa do mundo, a diferença é relativamente pequena.

goleiro6

Proporcional ao desejo de bater uma bolinha informal entre amigos e amigas que toma conta de corações e corpos pelo mundo é, porém, a rejeição a uma posição tão fundamental quanto desprezada: a de goleiro.

goleiro1

Entre revezamentos e obrigações aos menos favorecidos de talento, quem irá ocupar a posição do goleiro em uma pelada é sempre um dilema. Para resolver essa questão que o aplicativo Goleiro de Aluguel foi criado.

goleiro2

Criado por Samuel Toaldo e Eugen Braun – dois empreendedores e goleiros de Curitiba – o sistema é simples e direto: você pode se inscrever pelo aplicativo como goleiro ou como alguém que precisa de um goleiro para sua pelada. O aplicativo cruza oferta e demanda, junto de informações como data, horário e local, e oferece quantos arqueiros forem necessários para defender a baliza das partidas contratantes. Segundo Toaldo, são um milhão de partidas em quadras de aluguel por mês no Brasil, das quais 70% não possuem goleiro fixo.

A demanda por goleiros – e a própria oferta de goleiros atrás de times – se mostrou verdadeira e eficaz, mas nem só de amor ao futebol vive o sucesso crescente do aplicativo. O dinheiro pago pelo “aluguel” dos jogadores é em parte revertido para o próprio goleiro, que pode fazer de suas peladas uma fonte extra de renda mensal. 

Há três opções de valores, todos relativos ao tempo de jogo. Por 60 minutos, o valor a ser pago por cada convocação é de R$ 30,00. Por 90 minutos, R$ 45,00 e se for mencionado o tempo de 120 minutos, o “aluguel” fica por R$ 60,00. O goleiro fica sempre com 60% do valor de cada partida, depositados em sua conta bancária cadastrada no aplicativo.

A startup acumula mais de 7.000 contratações desde o início das operações via site e redes sociais. Também já possui mais de 3.700 goleiros cadastrados de todo o Brasil pelo recém-lançado aplicativo. Desde a disponibilização do app no fim de agosto, mais de 1.600 convocações para partidas foram realizadas somente pelo app.

goleiro5

Um ranking também premia os goleiros mais bem avaliados. Além de resolver o dilema das peladas pelo Brasil (e dos frangos vergonhosos habituais em partidas amadoras), o aplicativo possui também sentido social – essencial para o verdadeiro empreendedorismo hoje: uma parte do lucro do Goleiros de Aluguel vai para instituições de caridade e para doações de materiais esportivos e iniciativas que utilizam o esporte como meio de inserção social. E não para aí: há uma academia de goleiros, para quem quer se tornar um grande debaixo das balizas, e uma loja virtual, que vende artigos para goleiros em geral.

Projeto esportivo em Mali apoiado pelo Goleiro de Aluguel Projeto esportivo em Mali apoiado pelo Goleiro de Aluguel

Foi por todo esse espírito empreendedor e inovador que o Goleiro de Aluguel conseguiu não só participar do programa Shark Tank Brasil – Negociando com Tubarões, do Canal Sony, como acabou por “pescar” dois dos tubarões para se tornarem sócios no negócio. Procurando por empresários a quem os investidores do programa possam se associar com dinheiro e experiência, Carlos Wizard e João Appolinário vestiram a camisa do Goleiro de Aluguel para, quem sabe, com muita dedicação, suor, treino e espírito de equipe, saírem com a vitória e levarem pra casa o caneco do crescimento e sucesso.

revo6

O Shark Tank Brasil – Negociando com Tubarões vai ar toda quinta-feira às 21hs, para uma verdadeira disputa de campeões.

goleiro7

© fotos: divulgação

selo artigo patrocinado

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.


X
Próxima notícia Hypeness:
Mulher cria sistema de entrega com bicicletas destinado a mulheres e transexuais