Inspiração

Descubra o significado destes símbolos natalinos e os lugares onde encontrá-los pelo Brasil

por: Redação Hypeness

Dezembro chegou e, com ele, a magia do Natal parece se espalhar pelo mundo. São árvores decoradas, muitos “Papais Noéis” e o famoso espírito natalino que parece deixar a todos mais solidários.

Mas, se não Brasil não tem neve para sentirmos o gostinho mágico do Natal chegando aos poucos, não significa que não possamos aproveitar a chegada da data de uma maneira especial. Nós listamos alguns dos símbolos natalinos e locais onde é possível encontrá-los pelo Brasil.

1. Renas em Gramado (RS)

Aberta todos os meses do ano, a Aldeia do Papai Noel de Gramado é um daqueles lugares que mantém o espírito natalino sempre em alta e encanta crianças e adultos. Localizada no Centro de Gramado, ela conta com uma área repleta de neve artificial e tem como um dos destaques a presença de renas de verdade, que recebem acompanhamento veterinário semanal e são fiscalizadas pelo Ibama.

É bem provável que a ideia do Papai Noel viajar o mundo em seu trenó carregado por renas tenha surgido do costume de usar estes animais para puxar trenós em regiões mais frias do globo. A diferença é que as renas do bom velhinho são mágicas e sabem voar, enquanto as outras são bem mais parecidas com as da foto abaixo, com suas patinhas fincadas no chão.

natal

Foto: Reprodução

2. A árvore de Natal de Itu (SP)

Itu é uma cidade conhecida pelos seus exageros. Assim como tudo por lá, a árvore de Natal também é exageradamente grande, sendo considerada a maior árvore de Natal dentro de um shopping do mundo. Este ano, ela foi inaugurada no dia 11 de novembro, dentro do Plaza Shopping, e teve participação de centenas de pessoas.

A árvore é um dos principais símbolos do Natal, mas acredita-se que sua história começou bem antes da tradição cristã associada à data, quando os povos dos países bálticos costumavam cortar pinheiros com a aproximação do solstício de inverno e enfeitá-los em suas casas. Com o inverno gélido do hemisfério norte, ter uma árvore frondosa e enfeitada nesta época do ano significava vida – e a mania acabou pegando por aqui também, apesar do calor de dezembro.

natal4

Foto: Reprodução Facebook

3. As Luzes de Curitiba (PR)

Antes de existirem luzinhas de Natal como conhecemos hoje, a tradição por trás dessas belezas já existia, mas era executada de uma maneira um pouco mais perigosa: acendendo velas na árvore. Hoje em dia, qualquer pessoa com dois neurônios é capaz de perceber que isso não é uma boa ideia. Mas essa também é uma tradição que veio do hemisfério norte, onde os dias são mais curtos e frios em dezembro e as velas serviam como uma maneira de aquecer e iluminar o lar.

Foi só em 1880 que as primeiras luzinhas de Natal foram vistas, como uma maneira encontrada por Thomas Edison para propagandear sua invenção. Ele  pendurou diversas lâmpadas ao redor de seu laboratório para que quem passasse por ali visse o “milagre do Natal”. Esse mesmo milagre iluminado pode ser conferido em Curitiba, onde a Família Moletta capricha na decoração da sua própria rua iluminada com milhares de lâmpadas. Ao todo, 280 metros de rua são iluminados  e conduzem os moradores por um lindo cordão de luzes.

natal5

natal6

Fotos: Reprodução Facebook

4. Soldadinhos em São Paulo (SP)

Quando Ernest Theodor Amadeus Hoffmann escreveu o romance O Quebra-Nozes e o Rei dos Camundongos, em 1816, ele não imaginava que estaria criando uma tradição. Na história, uma menina ganha de presente de Natal um soldadinho quebra-nozes e é levada em seus sonhos a um mundo mágico em que ele luta contra o Rei dos Camundongos. Desde então, o quebra-nozes, sempre na figura de um soldadinho de madeira, passou a ser também um símbolo natalino, principalmente na Alemanha, de onde é originário.

Aqui no Brasil, também é possível ver de perto esse símbolo mágico do Natal em diversos pontos da capital paulista. Os quebra-nozes, colocados pelo Boticário para espalhar a beleza do Natal, estão no Shopping Cidade São Paulo e nas seguintes estações de metrô: República, Praça da Sé, Brás, Paraíso,Vila Madalena, Brigadeiro, Vila Prudente, Consolação e Palmeiras Barra Funda.

foto-01-soldado-boticario-estacao-barra-funda

Foto: Divulgação

artigo_patrocinado

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Mulheres impulsionam aumento da prática de atividades físicas em 2020, aponta pesquisa